Gusttavo Lima vai devolver cachê de R$ 1,2 milhão pago pela Prefeitura de Conceição do Mato Dentro é fake news

Por: Redação

A Prefeitura de Conceição do Mato Dentro, na Região Central de Minas Gerais, vai pagar mais de R$ 2,3 milhões a sertanejos com dinheiro que só deveria ser usado em investimentos para educação, saúde e infraestrutura. Só o show do cantor Gusttavo Lima vai custar R$ 1,2 milhão aos cofres municipais. Ele vai se apresentar na cidade no dia 20 de junho, durante a 32ª Cavalgada do Jubileu do Senhor Bom Jesus Do Matozinhos.

O dinheiro veio de recursos da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (Cfem), tributo pago pelas mineradoras às cidades onde há atividades minerárias. Porém, essa verba só pode ser usada em educação, saúde e na infraestrutura.

Cantor Gusttavo Lima. — Foto: Reprodução/Instagram/gusttavolima

O município defende que a 32ª Cavalgada do Jubileu do Senhor Bom Jesus Do Matozinhos vai trazer desenvolvimento para a cidade.

“Eventos que tragam melhoria na vida da comunidade e ou investimento para o desenvolvimento econômico da cidade, são gastos advindos do turismo, para atrair turista fazendo com que a cidade receba de volta o investimento em quase que na sua totalidade em geração de renda, seja no comércio local, nos meios de hospedagem, nos bares e restaurantes, postos de gasolina, padaria, aluguel de casas, locação de espaços públicos, dentre outros, impulsionando a diversificação da economia local”, justificou em nota.

O evento está previsto para os dias 17 a 23 do próximo mês e vai contar também com a participação de outros artistas, como Bruno e Marrone, contratados por R$ 520 mil, e Israel e Rodolffo, por R$ 310 mil.

O contrato do show do Gusttavo Lima, o mais caro, ainda prevê que a prefeitura pague a hospedagem de 40 pessoas da equipe do cantor “no melhor hotel da região” e se responsabilize com os gastos diários de alimentação, fixados em R$ 4 mil. Além disso, o executivo deve fornecer o transporte do local para o artista, músicos, técnicos e produção.

O documento, assinado com a empresa do cantor, Balada Eventos e Produções, estabelece que o pagamento seja efetuado em duas parcelas – uma no ato da assinatura do contrato, datado de 11 de abril de 2022, e outra até o dia 15 de junho de 2022.

Conceição do Mato Dentro tem população estimada de 17.438 pessoas. Para este ano, o orçamento previsto pela prefeitura é de R$ 689 milhões.

A prefeitura diz que o município possui 39 hotéis e pousadas. Ela também afirma que o evento irá atrair mais de 20 mil turistas. A estimativa de retorno financeiro é de mais de R$21 milhões.

Ministério Público

O Ministério Público de Minas Gerais instaurou uma notícia de fato sobre o pagamento de despesas do Jubileu do Senhor do Bom Jesus do Matozinhos, em Conceição do Mato Dentro. O órgão irá apurar se haverá necessidade de abertura de inquérito.

Relembre

A contratação de show do cantor Gusttavo Lima com uso de recursos públicos já é alvo de investigação do Ministério Público de Roraima (MPRR).

A Prefeitura de São Luiz, o menor município do estado, contratou o cantor por R$ 800 mil para uma apresentação em dezembro deste ano. O município tem cerca de 8 mil habitantes.

Nesta quinta-feira (26), Gusttavo Lima disse que “não cabe ao artista fiscalizar as contas públicas”.

A polêmica sobre cachês pagos por prefeituras começou quando o sertanejo Zé Neto criticou a Lei Rouanet em um show bancado com verba municipal.

Por Thais Pimentel, g1 Minas — Belo Horizonte

Comentários