‘Mas o que mais me dói, mas o que mais me dói, você escolheu errado o seu super deputado’

Por: Ivan Rodrigues

Crianças nos piores lixões do Brasil. Divulgação/RecordTV

Se você pensa que a política, algum dia vai mudar, é melhor que você mude primeiro seu jeito de votar, escolhendo novos e jovens representantes já a parti de 2022.

Observe que nesta próxima eleição, o linguajar chulo na boca dos políticos será novamente: saúde, educação e segurança.

Mas o cantor e compositor Renato Russo já alertava: “Ninguém respeita a Constituição. Mas todos acreditam no futuro da nação”.

Se estamos onde estamos, é por falha nossa, em perpetuar deputados e senadores no poder. Os quais fazem a transferência de cadeiras para seus filhos mantendo um verdadeiro ciclo vicioso de dominação do orçamento público como coisa personalista.

Faço um alerta na composição de João Alexandre: Pra Cima, Brasil

Como será o futuro
Do nosso país?
Surge a pergunta no olhar
E na alma do povo
Cada vez mais cresce a fome
Nas ruas, nos morros
Cada vez menos dinheiro
Pra sobreviver

Onde andará a justiça
Outrora perdida?
Some a resposta na voz
E na vez de quem manda
Homens com tanto poder
E nenhum coração
Gente que compra e que vende
A moral da nação
.

Comentários