CPI da Covid: após decisão do STF, Bolsonaro precisa dar imunidade para o ex-ministro Pazuello

Por: Redação

Por 10 a 1, Supremo Tribunal Federal (STF) confirma a ordem para Senado Federal instalar a temida CPI da Covid.

Presidente Jair Bolsonaro e o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello
Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

O plenário do (STF) confirmou, nesta quarta-feira (14/4), a decisão que já tinha sido tomada em caráter liminar pelo ministro Luís Roberto Barroso, que ordenou a instauração da CPI da Covid no Senado, para apurar a atuação do governo Bolsonaro à frente da pandemia, em especial o Ministério da Saúde na gestão do ex-ministro Pazuello.

O MPF já está processando o ex-ministro Pazuello e o secretário de Saúde do Amazonas por responsabilidade na crise de oxigênio no estado.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) precisa com a máxima urgência, nomear Pazuello em um cargo que lhe confira imunidade contra a CPI da Covid.

Comentários

  • AI-5 disse:

    Se é guerra já estamos a postos senhor presidente! Vou ficar na pátria livre sem o STF ou morrer pelo Brasil.

  • Jeferson disse:

    Tendencioso, se pazuelo tiver algo errado, nada tem a ver com Bolsonaro, essa CPI precisa abranger todos governadores e prefeitos desde o começo da pandemia.