Você sabia que os mortos pela Covid-19 são reconhecidos apenas por fotos?

Por: Ivan Rodrigues

Confirmado o óbito pela Covid

De imediato, o enfermeiro (a) comunica o Serviço Social sobre o óbito, a assistente social tem a atribuição de tirar uma foto do corpo do paciente.

A equipe de enfermagem (técnico e auxiliares) irá proceder ao tamponamento dos orifícios naturais do corpo: (narinas, ouvidos e regiões orofaríngea, vaginal e anal) com algodão seco, por meio de uma pinça longa, de tal maneira que não apareça o algodão. O corpo será ‘lacrado’ em dois invólucro também conhecido como saco de óbito.

*A manipulação do corpo tem que ser o mínimo possível, evitando procedimentos que gerem gases ou extravasamento de fluidos corpóreos.

Nesta mesma sequência, a assistente social faz o comunicado à família para que compareça ao hospital – sem relevar se o paciente está de alta médica ou veio a óbito – pois é uma atribuição do médico comunicar a família.

*O reconhecimento do corpo não será realizado no setor de internação do paciente.

A família tem que dar entrada em um cartório de sua escolha na certidão de óbito, tem funerárias que já fazem a tramitação da certidão no cartório para o contratante de seus serviços.

HPMDF