Pré-candidato a deputado distrital, Rogerio Ban Ban, promete terminar obras do Hospital Geriátrico do DF que estão há 16 anos paradas

Por: Redação

Quem seria contra um hospital especializado voltado para a terceira idade, afinal, o envelhecer não requer atendimento dentro de sua especificidade?

Obras do Hospital Geriátrico do Distrito Federal
Seremos idosos um dia.

Quem frequenta os hospitais públicos sabe que os idosos são colocados em leitos gerais com outros pacientes com as mais variadas enfermidades. Ninguém quer ver seu ente querido que envelheceu – pai, mãe, avó e avô – largados nesses corredores desumanos. Lembrando que a maioria dos internados nos hospitais de campanha eram idosos.

Cuidar da pessoa idosa, incluí-la no mercado de trabalho e combater o preconceito e a discriminação são algumas das políticas públicas voltadas para a terceira idade que o pré-candidato a deputado distrital, Rogério Ban Ban do PSC-DF, afirma que vai defender em seu mandato na Câmara Legislativa do Distrito Federal.

No Brasil, cerca de 37 milhões de pessoas têm 60 anos ou mais, os dados são de 2021, do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE).

Rogerio Ban Ban

“Esta população, mesmo com os direitos garantidos na Constituição Federal e no Estatuto do Idoso que asseguram políticas de atendimentos, como acesso à justiça, saúde e proteção, ainda é vulnerável e passa por discriminação” afirma Rogério.  

O visionário do primeiro Hospital Geriátrico do DF, juntamente com o falecido ex-deputado Jorge Cauhy, defende que a pessoa idosa tenha um hospital especializado no envelhecer, já começado em 2006, na área pública de interesse social ao lado do Lar dos Velhinhos, na cidade do Núcleo Bandeirante.

“A obra inacabada do hospital, que tem 2 mil metros, foi toda feita com doações de terceiros que acreditaram no projeto. São 70 leitos de internações, com espaço para pronto atendimento geriátrico 24 horas, salas de procedimentos e demais estruturas hospitalares. Vejo como um crime irreparável tantos anos de descasos, se eleito for, vou dedicar minhas emendas parlamentares, em comum acordo com o chefe do executivo na finalização e entrega dessa obra para a população do DF. Nossos idosos merecem, também seremos um no decorrer dos anos” alerta Rogerio.

Segundo consultas, a área em que se encontra o hospital havia sido concedida tendo como finalidade o interesse público social, mas acabou sendo deixada por 16 anos sem andamento, ocasião que se encontra na posse do Governo do Distrito Federal.

Comentários

  • Iranides de Saouza disse:

    Senhor Rogerio, parabéns pela iniciativa, nenhum dos deputados eleitos: Roosevelt, Hermeto e CIA, tiveram coragem para defender este projeto. Conheço um pouco dessa história e é por isso que digo, terá o apoio da família Souza.

  • Alaison Martins disse:

    Já não está mais entre nós, meu pai, mais conhecido com seu Zé, empresário da panificação fez doações para está obra a pedido do Rogério e Cauhy. É um crime vê-la assim! Quem são os responsáveis por isso?

  • Anderson Goulart disse:

    Muito boa idéia. Quero ver vc Dep distrital

  • Carla e Alexandre disse:

    Rogério, terá o apoio meu e de minha família só por essa iniciativa. Realmente, todos seremos idosos algum dia.