Bolsonaros, os ex-inimigos do STF, se aliam a ele para – foro privilegiado e anulação de provas

Por: Redação

A ex-defensora de Bolsonaro, Sara Winter, se declara desiludida com o presidente e seus filhos

Depois do aceno do presidente Jair Bolsonaro (PL), com o “manifesto de pacificação”, intitulado “Declaração à Nação” e ligação de Bolsonaro para o ministro Alexandre de Moraes, tudo intermediado pelo ex-presidente Michel Temer, a vida dos Bolsonaros segue em um pacto de silêncio com o Supremo Tribunal Federal (STF), que por sua vez acena com a manutenção de foro privilegiado e anulação de provas contra o clã.


Quem apostou diferente disso indo para as ruas, participando de motociatas, manifestação no 7 de Setembro, agredindo a suprema corte com seus blogs, se armando para uma revolução armada no Brasil – ficou órfão de uma “Aliança Pelo Brasil” que não passará de uma ‘Aliança Com STF‘.

Leia também:

.Depois do 7 de Setembro, Bolsonaro pede desculpas

.Vídeo: ‘STF articula para Lula ser presidente na fraude’, afirma Bolsonaro

.STF: Moraes manda prender o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos e ordena sua extradição dos EUA

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) que disse: “Para fechar o STF basta um soldado e um cabo”, é um dos responsáveis por colocar seu pai no rumo da negociação de paz com o STF, que manteve (30/11), por 3 votos a 1, o foro privilegiado de seu irmão o senador Flávio Bolsonaro no caso das rachadinhas anulando provas da investigação sobre o recurso do Ministério Público.

O Ministério Público já denunciou o filho mais velho do presidente Bolsonaro. A rachadinha teria acontecido na época em Flávio era deputado estadual no Rio. Mas, segundo o MP, ele perdeu o direito ao foro privilegiado quando deixou o cargo. Por isso, o MP recorreu ao STF para o caso voltar para a primeira instância.

O relator das ações mais polêmicas da corte, ministro Gilmar Mendes, votou a favor de Flávio e alegou que os promotores perderam o prazo para recorrer no TJ do Rio.

Aliança Pelo Brasil” , ‘Aliança Com STF‘ ou ‘Aliança Pelos Filhos‘?

Comentários