Enfermagem do Distrito Federal elegerá seu primeiro deputado federal

Por: Redação

A enfermagem do Distrito Federal já provou que está politicamente madura e preparada ao eleger seu primeiro deputado distrital (Jorge Vianna – Podemos), após 12 anos de muito trabalho de conscientização que os primórdios ex-candidatos: Evandro Soares, Ivan Rodrigues, Célio Riguete, Enfermeiro Wellington Antônio, Adriano Araujo, Agamenon Viana, Claudinha Aires, Ednilson Mira… entre outros, que muito se dedicaram, colocando seus nomes como alternativas. 

Presidente do CIDADANIA-DF, Francisco Andrade, em conversa com enfermeiros Célio e Ivan

Eles foram responsáveis por levar a politização para a categoria pois sabiam da importância da enfermagem atuando dentro do legislativo. 

Fato é que, o grupo de acadêmicos de enfermagem da Uniplac:  Evandro Soares (Pronto Socorro HRG), Ivan Rodrigues (CLDF – CCJ), Célio Riguete (Base UTI), Vitor Brandão (HRG Centro Cirúrgico) e Hiltamar Araújo (Base UTI), foram responsáveis pela criação da emenda ao projeto de reorganização da carreira, aprovado em 2005, a qual estabeleceu que: os servidores que atuassem integralmente nas unidades de pronto-socorro, terapia intensiva, psiquiatria, pronto-atendimento e tratamento de saúde mental, centros cirúrgicos… tivessem 20 dias consecutivos de férias a cada seis meses de atividade, sendo proibida a acumulação das férias semestrais; emenda essa apresentada pelo ex-deputado Augusto Carvalho, à época deputado distrital

Ontem (24), após mais de 30 anos, o Senado Federal aprovou o piso salarial nacional da Enfermagem, que ainda precisa ser aprovado pela Câmara dos Deputados, “situação que nos causa angustia pois ficamos a depender de terceiros sobre nossas demandas profissionais”.

Se tivéssemos algum deputado federal eleito por Brasília, teríamos um interlocutor sobre nossa agenda no legislativo federal. 

O desafio é elegermos nosso primeiro deputado federal, temos número para isso, amigos e familiares que podem somar-se a nós. Ainda não há um nome de consenso de quem concorrerá como deputado federal, há três bons nomes que brevemente serão divulgados.

Os profissionais da linha de frente da Covid-19, querem ser a linha de frente para uma saúde digna e de qualidade para todos os brasileiros. 

Em 2022, deem um voto de confiança para a enfermagem elegendo profissionais para a Câmaras dos Deputados e Distrital. 

Os enfermeiros e também técnicos Célio Riguete e Ivan Rodrigues estão fazendo a interlocução na busca de um partido que ofereça legenda e condições para um enfermeiro (a) ou técnico concorrer à Câmara Federal em 2022. Neste sentido, estiveram com o presidente do CIDADANIA-DF, Francisco Andrade, em conversas, que seguem com demais legendas.

Lembrando que ambos (Célio e Ivan) não são candidatos a nada.

Comentários