Enfermagem do Distrito Federal elegerá seu primeiro deputado federal

Por: Redação

A enfermagem do Distrito Federal já provou que está politicamente madura e preparada ao eleger seu primeiro deputado distrital (Jorge Vianna – Podemos), após 12 anos de muito trabalho de conscientização que os primórdios ex-candidatos: Evandro Soares, Ivan Rodrigues, Célio Riguete, Enfermeiro Wellington Antônio, Adriano Araujo, Agamenon Viana, Claudinha Aires, Ednilson Mira… entre outros, que muito se dedicaram, colocando seus nomes como alternativas. 

Valéria Leite

A técnica de enfermagem, Valéria Leite, ex-Diretora de Atenção Primária à Saúde da Região de Saúde Sul na Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, também foi uma das precursora .

Presidente do CIDADANIA-DF, Francisco Andrade, em conversa com enfermeiros Célio e Ivan

Eles foram responsáveis por levar a politização para a categoria pois sabiam da importância da enfermagem atuando dentro do legislativo. 

Fato é que, o grupo de acadêmicos de enfermagem da Uniplac:  Evandro Soares (Pronto Socorro HRG), Ivan Rodrigues (CLDF – CCJ), Célio Riguete (Base UTI), Vitor Brandão (HRG Centro Cirúrgico) e Hiltamar Araújo (Base UTI), foram responsáveis pela criação da emenda ao projeto de reorganização da carreira, aprovado em 2005, a qual estabeleceu que: os servidores que atuassem integralmente nas unidades de pronto-socorro, terapia intensiva, psiquiatria, pronto-atendimento e tratamento de saúde mental, centros cirúrgicos… tivessem 20 dias consecutivos de férias a cada seis meses de atividade, sendo proibida a acumulação das férias semestrais; emenda essa apresentada pelo ex-deputado Augusto Carvalho, à época deputado distrital

Ontem (24), após mais de 30 anos, o Senado Federal aprovou o piso salarial nacional da Enfermagem, que ainda precisa ser aprovado pela Câmara dos Deputados, “situação que nos causa angustia pois ficamos a depender de terceiros sobre nossas demandas profissionais”.

Se tivéssemos algum deputado federal eleito por Brasília, teríamos um interlocutor sobre nossa agenda no legislativo federal. 

O desafio é elegermos nosso primeiro deputado federal, temos número para isso, amigos e familiares que podem somar-se a nós. Ainda não há um nome de consenso de quem concorrerá como deputado federal, há três bons nomes que brevemente serão divulgados.

Os profissionais da linha de frente da Covid-19, querem ser a linha de frente para uma saúde digna e de qualidade para todos os brasileiros. 

Em 2022, deem um voto de confiança para a enfermagem elegendo profissionais para a Câmaras dos Deputados e Distrital. 

Os enfermeiros e também técnicos Célio Riguete e Ivan Rodrigues estão fazendo a interlocução na busca de um partido que ofereça legenda e condições para um enfermeiro (a) ou técnico concorrer à Câmara Federal em 2022. Neste sentido, estiveram com o presidente do CIDADANIA-DF, Francisco Andrade, em conversas, que seguem com demais legendas.

Lembrando que ambos (Célio e Ivan) não são candidatos a nada.

Comentários