Mulheres dizem: ‘Eu, quero é um homem para me bancar’

Por: Redação

Por: Verdade seja dita

Durante séculos as mulheres foram oprimidas dentro do lar e considerada meramente uma reprodutora e objeto sexual dos homens. Com o passar dos anos, foram autorizadas pelo genitor ou marido a trabalharem em minas e fábricas – Revolução Industrial (século 18) -, sem direitos a quaisquer tipo de proteção. Em 1857, centenas de operárias morreram queimadas por policiais em uma fábrica têxtil de Nova York (EUA) enquanto reivindicavam a redução da jornada de trabalho e o direito à licença maternidade. Em homenagem a essas mulheres mortas, em 1911, foi instituído o dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher.

Apesar dos avanços como: direito de votar, direito ao anticoncepcional, direito à creche e direito à vida (Lei Maria da Penha), ainda hoje os homens continuam a sobrepor e subjugar as mulheres na atual sociedade. 

Ouvi de um grupo de mulheres na padaria Hollywood Pães & Conveniência na cidade do Núcleo Bandeirante, no Distrito Federal, a seguinte frase: ‘Eu, quero é um homem para me bancar’.

Logo pensei, essas mulheres bem vestidas e com alianças em seus dedos teriam o mínimo de dignidade e respeito para com seus maridos e noivos repetindo a frase na presença dos mesmos? Não!

A frase que na atualidade, não tem nada de novo na voz de muitas mulheres que acreditam que seu órgão genital e corpo são a chave para uma vida financiada por homens encontra eco em mulheres, outrora tidas como ‘descentes’.

As mulheres em questão, continuam com pensamentos no passado, desconhecem a história de suas avós, mães, tias e de outras mulheres que lutaram e continuam para se libertarem dos grilhões do poder machista. 

Vergonhosamente, se associam a acompanhantes, com uma simbólica diferença – usam alianças nas mãos para legalizarem a futura partilha.

Sem rodeio e diretamente falando: se você não fosse um empresário bem sucedido; um servidor público estabilizado; um médico; um diretor… a pessoa que vive com você ou pretende viver estaria ao seu lado?

Comentários

  • Regina Ferreira de Lima disse:

    Ainda tem aquelas que dizem: “Amor precisamos ajudar minha mãe”. Aí o manipulado diz: “Tudo bem meu amor.” Cara, a mulher está te usando! Homem assim como mulher têm que trabalhar. Agora, se você quer ser assim, problema teu!!

  • Edgar Silva disse:

    Tem otarios para tudo! Inclusive os sustentadores de bucetas!

  • Simone Lacerda disse:

    São todas elas mulheres vulgares tidas como descentes e recatadas para seus maridos e familiares. As mesmas são milhões de quilômetros rodado na bagaceira. Encontraram um trouxa para bancar.

  • Marcinho disse:

    Sempre digo: prostitutas saem mais barato! Além do mais, não vão ficar com 50%.

  • Andreia Damasceno disse:

    Como mulher não aceito FDP nenhum querer me bancar! Que vergonha para essas descaradas! Envergonham todas as mulheres descentes.

  • Leonel Dutra disse:

    Tem otário para tudo! O cara sai para trabalhar e a mulher fica sem fazer nada mostrando a bunda no Insta.

  • Smart Fit disse:

    Cara, depois de ler esta matéria até estou pensativo. Estou pegando uma mulher casada da academia e recentemente, ele veio malhar com ela. Agora, me coloquei na situação dele e vejo o quão desumano fui com uma pessoa que desconhece a safadeza da mulher. Peço perdão a Deus e a ele.