Participação do ministro da Justiça em live de Bolsonaro pode acabar com seu plano de candidatura a deputado federal

Por: Redação

O ministro da Justiça, Anderson Torres, participou de uma live ao lado do presidente Jair Bolsonaro, no dia 29 de julho, que questionou a segurança das urnas eletrônicas no processo eleitoral.

Sem provas, Bolsonaro chegou a afirmar que há grave risco de fraude no sistema de urnas eletrônicas.

Torres leu trechos de um relatório produzido pela Polícia Federal sobre os testes públicos das urnas eletrônicas que são realizados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que também não comprovam fraude no atual sistema.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), solicitou ao TSE que apure se a participação do ministro na live configura propaganda eleitoral antecipada. A solicitação leva em consideração as indicações de que Torres deve disputar uma das cadeiras da Câmara dos Deputados nas eleições de 2022, e foi enviado para o corregedor eleitoral, ministro Luís Felipe Salomão.

Comentários