Bolsonaro – partido de extrema-direita alemão AfD

Por: Redação

Bolsonaro posa para foto com neta de antigo ministro de Hitler

Além dos deputados Bia Kicis (PSL-DF) e Eduardo Bolsonaro (PSL), Jair Bolsonaro também posou para foto ao lado de Beatrix von Storch, do partido de extrema-direita alemão AfD e neta de Ludwig Schwerin von Krosigk, antigo ministro das Finanças do regime nazista de Hitler.

Na foto que circula pelas redes sociais e foi divulgada pela equipe de Beatrix à imprensa europeia na manhã desta segunda-feira (26), Bolsonaro também abraça o marido da presidente da AfD, Sven von Storch. Beatrix von Storch afirmou que a visita teve como objetivo fortalecer suas conexões e “defender nossos valores cristãos e conservadores em nível internacional”.

O partido AfD é conhecido pelo discurso radical anti-imigração e recentemente se alinhou ao discurso negacionistas da pandemia.

Na semana passada, o Museu do Holocausto, em Curitiba, se manifestou sobre o encontro de Beatrix com autoridades brasileiras. “É evidente a preocupação e a inquietude que esta aproximação entre tal figura parlamentar brasileira e Beatrix von Storch representam para os esforços de construção de uma memória coletiva do Holocausto no Brasil e para nossa própria democracia.”

A Alternative für Deutschland (Alternativa para a Alemanha) é um partido político alemão de extrema-direita, fundado em 2013, com tendências racistas, sexistas, islamofóbicas, antissemitas, xenófobas e forte discurso anti-imigração.
Querem duas histórias breves? Sigam o fio!
+ https://t.co/2jJmGRBnGb

— Museu do Holocausto (@MuseuHolocausto) July 22, 2021

Por Marina Oliveira

Jornalista (PUC-PR) com mestrado em Sociologia: Cidades e Culturas Urbanas (Universidade de Coimbra). Tem passagens por rádio, revistas e jornais. Participou da cobertura de diferentes fases da Operação Lava Jato, em Curitiba, para O Globo. É autora do livro: Em pauta – Manual prático da comunicação organizacional.

Comentários