Tive Covid há seis meses, e, a parti daí, não tenho conseguido manter relações sexuais com minha companheira

Por: Ivan Rodrigues

Ivan Rodrigues
COVID-19 e a disfunção erétil ligada à doença. Foto: Saúde & Direitos Sociais - S&DS
Foto: Saúde & Direitos Sociais – S&DS

Comentário no portal S&DS em 18/06/2021 às 09:32 por: B.L (preservação da identidade).

Tive Covid há seis meses, e, a parti daí, não tenho conseguido manter relações sexuais com minha companheira. Tenho 33 anos e minha esposa também é jovem. Teriam um urologista de extrema confiança, renomado para me indicarem? Parabéns ao site pelo trabalho de vocês.

À medida que mais casos de COVID-19 aparecem, mais relatórios também associam a disfunção erétil à doença. Um estudo publicado em julho de 2020, no Journal of Endocrinological Investigation descobriu que os sobreviventes do coronavírus podem ter problemas de saúde sexual e reprodutiva, como disfunção erétil após a doença. Médicos e especialistas também dizem que já viram pacientes que lutaram contra o problema depois de contrair o vírus.

>Paciente com Covid-19 e síndrome de Fournier. Cenas fortes!

Em meu estágio de formação tive a honra de passar pela Unidade de Urologia do Hospital Regional do Gama (HRG), onde conheci o médico urologista Bruno Mestrinho. Então, nossa recomendação, dentro de sua solicitação, é a marcação de consulta com o referido profissional. Além de atender pelo SUS, também atende nas clínicas: Uromaster – WhatsApp (61) 9355-1737 e Urogama – WhatsApp (61) 9581-4631. Esperamos ter ajudado!

Comentários

  • ANTONIO OLIVEIRA disse:

    NO MEU CASO É O CONTRÁRIO. MINHA ESPOSA TEVE COVID É PERDEU 70% DA VONTADE PARA O SEXO. ESTAMOS FAZENDO TRATAMENTOS. ELA TEM 41 ANOS.