‘No Brasil, não existe racismo’, existe o Mourão

Por: Ivan Rodrigues

Ao comentar o assassinato de João Alberto Silveira Freitas, espancado por seguranças dentro de uma unidade do Carrefour em Porto Alegre, nessa quinta-feira (19), Mourão lamentou o ocorrido, mas afirmou que o crime não foi motivado por questões raciais.

“Pra mim, no Brasil, não existe racismo. Isso é uma coisa que querem importar para o Brasil, não existe isso aqui. Eu digo pra você com toda tranquilidade, não tem racismo aqui. Digo isso porque eu morei dois anos nos EUA. Racismo tem lá. Lá o pessoal de cor ficava separado, sentava atrás no ônibus não na frente. Fiquei impressionado com isso, no final da década de 60”.

Mourão disse ver apenas um caso de “segurança totalmente despreparada”.

“O que você pode dizer é que aqui existe desigualdade. Temos brutal desigualdade. As pessoas mais pobres, com menos acesso, são gente de cor. Violência policial…naturalmente, os que estão em desvantagem social, vivem em área de favela, expostos ao crime organizado, infelizmente, são pessoas de cor. Essa é a realidade”, ressaltou. 

Comentários