Auxílio Emergencial: cinco parcelas de R$ 600 e quatro parcelas de R$ 300

Por: Ivan Rodrigues

REDAÇÃO – S&DS

Brasília – 01 de Setembro de 2020 – 21:03

Serão pagas 9 parcelas do Auxílio Emergencial para cada trabalhador

A prorrogação do auxílio, anunciada nesta terça-feira (1º), pelo presidente Jair Bolsonaro de mais 4 meses do benefício, que será de R$ 300 cada parcelas, injeta na economia o valor de R$ 4,2 mil por beneficiário. Valor este que dobra no caso de mães que são chefes de família.

Veja a situação por lote de inscritos pelo site e app

Lote 1 (são dois grupos de beneficiários)

  • Quem são: aprovados que receberam a primeira parcela em abril
  • Situação atual: 3ª parcela foi paga em poupança social digital da Caixa entre 27 de junho e 4 de julho e será liberada entre 25 de julho e 17 de setembro para saques e transferências. A 4ª parcela foipaga entre 22 de julho e 26 de agosto na poupança social, liberadas entre 25 de julho e 17 de setembro para saques e transferências.
  • Parcelas que faltam:
    5ª parcela tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e será liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.
    – 6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas
    ainda não têm datas definidas
  • Quem são: aprovados que receberam em abril, tiveram pagamento suspenso em julho, mas que tiveram as parcelas retomadas
  • Situação atual: 3ª e 4ª parcelas foram pagas em poupança social digital entre 5 e 26 de agosto, liberadas entre 8 de agosto e 17 de setembro para saques e transferências.
  • Parcelas que faltam:
    – 5ª parcela
    tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social digital e será liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências
    – 6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas
    ainda não têm datas definidas

Lote 2

  • Quem são: aprovados que receberam a primeira parcela em maio
  • Situação atual: 2ª e 3ª parcelas foram pagas em poupança social digital da Caixa entre 27 de junho e 4 de julho e 22 de julho e 26 de agosto, respectivamente. Saques para ambas as parcelas liberados entre 25 de julho e 17 de setembro.
  • Parcelas que faltam:
    4ª parcela tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e será liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.
    5ª parcela será paga entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberada entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências.
    6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas ainda não têm datas definidas

Lote 3

  • Quem são: aprovados que receberam a primeira parcela em meados de junho
  • Situação atual: 2ª parcela foi paga entre 22 de julho e 26 de agosto na poupança social, liberada entre 25 de julho e 17 de setembro para saques e transferências.
  • Parcelas que faltam:
    3ª parcela tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e será liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.
    4ª parcela será paga entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberada entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências.
    5ª parcela será paga entre 16 e 30 de novembro na poupança social e liberada entre 26 de novembro e 15 de dezembro para saques e transferências.
    6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas ainda não têm datas definidas

Lote 4

  • Quem são: aprovados que receberam a primeira parcela de 27 de junho a 4 de julho
  • Situação atual: 1ª parcela foi paga entre 27 de junho e 4 de julho na poupança social digital e será liberada entre 25 de julho e 17 de setembro para saques e transferências. A 2ª parcela foi liberada entre 22 de julho e 26 de agosto na poupança social digital e está sendo liberada entre 25 de julho e 17 de setembro para saques e transferências.
  • Parcelas que faltam:
    3ª parcela tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e será liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.
    4ª parcela será paga entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberada entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências.
    5ª parcela será paga entre 16 e 30 de novembro na poupança social e liberada entre 26 de novembro e 15 de dezembro para saques e transferências.
    6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas ainda não têm datas definidas

Lote 5

  • Quem são: inscritos entre os dias 17 de junho e 2 de julho
  • Parcelas que faltam:
    – 1ª parcela foi paga entre 22 de julho e 26 de agosto na poupança social; liberada entre 25 de julho e 17 de setembro para saques e transferências.
    – 2ª parcela tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e serpa liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.
    – 3ª parcela será paga entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberada entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências.
    – 4ª e 5ª parcelas serão pagas entre 16 e 30 de novembro na poupança social e liberadas entre entre 26 de novembro e 15 de dezembro para saques e transferências.
    – 6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas
    ainda não têm datas definidas

Lote 6

  • Quem são: tiveram o benefício negado e fizeram a contestação entre 24 de abril e 19 de julho
  • Parcelas que faltam:
    1ª parcela foi paga entre 5 e 26 de agosto na poupança social; será liberada entre 8 de agosto e 17 de setembro para saques e transferências.
    2ª parcela tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e será liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.
    3ª parcela será paga entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberada entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências.
    4ª e 5ª parcelas serão pagas entre 16 e 30 de novembro na poupança social e serão liberadas entre 26 de novembro e 15 de dezembro para saques e transferências.
    6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas ainda não têm datas definidas

Lote 7

  • Quem são: inscritos nas agências dos Correios entre 8 de junho e 2 de julho e quem fez a contestação entre 3 de julho e 16 de agosto
  • Parcelas que faltam:
  • 1ª parcela tem pagamento de 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e será liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.
    2ª e 3ª parcelas serão pagas entre 9 de outubro e 13 de novembro na poupança social e liberadas entre 29 de outubro e 19 de novembro para saques e transferências.
    – 4ª e 5ª parcelas serão pagas entre 16 e 30 de novembro na poupança social e liberadas entre entre 26 de novembro e 15 de dezembro para saques e transferências.
    6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas ainda não têm datas definidas

Lote de reavaliados

  • Quem são: inscritos reavaliados que tiveram benefício suspenso em agosto após receber a 1ª parcela
  • Parcelas que faltam: as parcelas restantes até a quinta parcela têm pagamento entre 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e serão liberadas entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.
    – 6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas
    ainda não têm datas definidas

Inscritos no Cadastro Único, mas fora do Bolsa Família, e mães chefes de família

O calendário acompanha o Lote 1 dos inscritos via app e site:

  • Situação atual: 3ª parcela foi paga entre 27 de junho e 4 de julho na poupança social digital e será liberada entre 25 de julho e 17 de setembro para saques e transferências. A 4ª parcela foi paga entre 22 de julho e 26 de agosto na poupança social e será liberada entre 25 de julho e 17 de setembro para saques e transferências.
  • Parcelas que faltam:
    5ª parcela será paga entre 28 de agosto e 30 de setembro na poupança social e liberada entre 19 de setembro e 27 de outubro para saques e transferências.
  • – 6ª, 7ª, 8ª e 9ª parcelas ainda não têm datas definidas

Trabalhadores dentro do Bolsa Família

Os pagamentos seguem o calendário do próprio benefício:

  • Situação atual: beneficiários recebem a 5ª parcela entre os dias 18 e 31 de agosto. Os pagamentos são feitos seguindo o calendário do Bolsa Família, sempre nos 10 últimos dias úteis de cada mês. Os pagamentos das quatro parcelas seguintes devem seguir o mesmo padrão.

Comentários