CARTÃO CRECHE | Governador Ibaneis quer que os primeiros beneficiados recebam o cartão até maio

Por: Ivan Rodrigues

27 de Fevereiro de 2020


Ibaneis Rocha

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), em conversa com o secretário de Educação, João Pedro Ferraz, nesta semana, foi categórico ao cobrar que o benefício comece já em maio.

As instituições interessadas em aderir ao Cartão Creche, oferecido por meio do Programa de Benefício Educacional-Social (PBES), devem estar autorizadas, credenciadas ou recredenciadas junto à Secretaria de Educação (SEE).

Para solicitar o credenciamento, é necessário abrir uma empresa, ter os alvarás e licenças atualizados em todos os órgãos públicos envolvidos e conferir a documentação necessária para que a escola dê entrada junto à secretaria. Para agilizar o processo, é importante conferir todos os documentos – entre estes, por se tratar de instituição educacional, o projeto pedagógico aprovado pela SEE.

Conforme o edital de chamamento público divulgado em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) no dia 21, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) fará o credenciamento das instituições da rede privada de ensino que vão oferecer vagas por meio do PBES – Cartão Creche. O prazo do chamamento é de 30 dias, a contar da publicação.

O Programa de Benefício Educacional-Social – PBES cria uma nova rede de proteção social, feita com o objetivo de melhorar a aprendizagem dos nossos estudantes por meio de três cartões magnéticos que vão prover aos pais e responsáveis a possibilidade de matricular seus filhos em creches privadas, a compra de material escolar e, aos gestores, meios para fazer pequenos reparos com grandes facilidades.

Nesta página, você vai saber o que é necessário fazer antes de matricular seu filho.

No menu à esquerda (embaixo no celular), você poder verificar se a escola escolhida é credenciada, terá respostas às dúvidas mais frequentes, poderá ouvir um podcast com a nossa especialista no assunto e, muito importante: vai conhecer a responsabilidade de cada órgão de governo para que uma escola possa funcionar.

É importante compreender que quando uma escola está sem o credenciamento ativo, os estudos dos alunos matriculados não têm validade.