Médicos da SES-DF recebem os piores salários do país

Foto: #SaúdeDireitosSociais&Inovações

Brasília lidera o ranking nacional de médicos por número de habitantes – 4,09 profissionais para cada grupo de mil pessoas segundo dados da “Demografia Médica no Brasil”, lançado em fevereiro de [2013] pelo Conselho Federal de Medicina 

Com remuneração média de R$ 16 mil por profissional, de acordo com o balanço da Secretaria de Transparência de 2013, com salários de R$ 6.327 para jornada de trabalho de 20 horas semanais e de R$13,2 mil jornada de 40 horas,  a medicina exercida no serviço público padece de recursos humanos suficientes.

    Foto: #SaúdeDireitosSociais&Inovações

Qual seria o principal instrumento para atrair profissionais para a rede (pública)?

Segundo o presidente do Sindimédico, Gutemberg Fialho, um novo plano de carreira, cargos e salários dos médicos seria a melhor solução.

A capital do país continua a ter a maior quantidade proporcional de médicos no Sistema Único de Saúde (SUS) e de postos de trabalho médicos ocupados.

Com [5.244] profissionais no quadro atual, em diversas especialidades médicas, a Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal peca em direcionar médicos para outras áreas não assistenciais desfalcando as escalas de atendimento aos usuários.    

    Foto: #SaúdeDireitosSociais&Inovações

   Foto: #SaúdeDireitosSociais&Inovações

   Foto: #SaúdeDireitosSociais&Inovações

    

   Foto: #SaúdeDireitosSociais&Inovações

Leave a Comment