DF: após 16 anos sem reeleição, pesquisas apontam que Ibaneis segue tendência do correligionário Roriz rumo ao segundo mandato

Por: Redação

Não é a primeira pesquisa de intenção de voto para governador do Distrito Federal que tem colocado o atual governador Ibaneis Rocha (MDB-DF) como reeleito.

Joaquim Roriz e Ibaneis Rocha

Levantamento da Real Time Big Data encomendado pela Record TV, entre os dias 18 e 19 de março, com 1.500 pessoas, apontou que Ibaneis liderava todos os cenários na disputa pelo Governo do Distrito Federal GDF, com 24% das intenções de voto na pesquisa estimulada.

A recente pesquisa, feita pelo Instituto Ideia, a pedido do Metrópoles, entre os dias 11 e 16 de maio, com 1.200 entrevistados, demonstrou que 30% dos ouvidos escolheram Ibaneis entre os 12 nomes apresentados na lista de possíveis candidatos. Tanto os números trazidos pela Real Time Big Data quanto pelo Instituto Ideia são a confirmação da tendência da reeleição do chefe do Executivo distrital.

O segundo na corrida ao cargo de governador do DF, está o senador Reguffe (União Brasil), com pontuação de 10,6%.

Na terceira colocação está a deputada federal Flávia Arruda (PL), com 8,5% de pontuação.

A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, o que coloca Flávia e Reguffe empatados tecnicamente. A primeira é pré-candidata ao Senado e não disputará o GDF, já Reguffe observa o cenário sem saber para qual cargo irá concorrer ou se deixará a vida política.

O último e único governador do DF, a ser reeleito, Joaquim Roriz, também do (MDB), o antigo (PMDB), foi o único a conseguir quatro mandatos: (1988 – 1990), (1991 – 1995), (1999 – 2003) e (2003 – 2006) pela cidade de Juscelino Kubitschek (Brasília), ex-Presidente do Brasil, a qual deu origem às 33 Regiões Administrativas – sendo as duas últimas, Sol Nascente/Pôr do Sol (32ª) e Arniqueira (33ª) criadas na gestão de Ibaneis, com a promessa do mesmo de criar a 34ª Região Administrativa, a de Arapoanga.

Em um cenário extremamente favorável em razão da conjuntura econômica local, do trabalho social desenvolvido, do canteiro de obras que virou o DF e do alinhamento com o setor público (funcionários) Ibaneis está no caminho de Roriz rumo a mais quatro anos de ações.    

Comentários