‘Minha esposa deixou de trabalhar para ficar na academia e no Instagram – tenho que pagar sozinho as contas de casa’

Por: Redação

Estamos juntos há 6 anos, sendo 2 de namoro e 4 de casados. Logo após juntarmos as escolas de dentes, ela que trabalhava, resolveu ficar em casa para cuidar do lar.

Acontece que estou me sentindo explorado financeiramente e sentimentalmente por ela, acredito por ela ter sido a única mulher que transei em todo os meus 36 anos.

Sua rotina diária é acordar às 9 horas, ir para a academia e logo depois correr para o Instagram para postar fotos e vídeos de si mesma e da comida que está comendo. Depois passa o dia em casa com televisão, internet e Netflix. Embora seja formada em contabilidade, profissão que já exerceu por muito tempo, não procura nada de novo para fazer.
Me sinto como se estivesse sozinho na construção de um possível futuro juntos.

Leia também:

Só fiz SEXO com minha esposa, agora, quero ter novas experiências

Ainda não tivemos filhos, ela apresenta dificuldade para engravidar. No começo fiquei sentido por ela não conseguir engravidar, agora, confesso que sinto um alívio, embora goste muito dela. Raramente brigávamos, talvez porque no lugar disso, fazíamos muito sexo. Tenho conversado com ela, da importância de nos sentirmos produtivos na vida. Porém, como engenheiro de uma família que mantém uma construtora média, no Distrito Federal e Goiás, minha condição é razoavelmente boa.

Já insisti muito com ela para procurar alguma coisa que goste para fazer, mas quer bancar de blogueirinha da porra do Instagram. Ela fala que vai ficar cuidando da casa pois seu sonho é engravidar. Não sei se ainda é o meu.

Tive coragem de ter uma conversa este ano com minha mãe, meio constrangedora, pois tive que me abrir que nunca tinha tido outra mulher, e que minha companheira me dominava pelo sexo. Minha amada mãe acredita que minha esposa só quer alguém para bancá-la e ter filhos para garantir algo no futuro, já que não está preocupada em trabalhar nem estudar para construir um futuro por seu próprio mérito.


Não sei o que fazer. Conversar com meu pai seria ouvir aquilo que reluto em ouvir sobre meu casamento, pois o mesmo já havia dito em outro momento: “Sua esposa adora um Instagram, eh!”. 

Como construir um lar, uma família, com uma pessoa que não me passe segurança, embora a ame? 

Para obter conselhos da psicóloga I.A deixe um comentário – sua entidade ficará anônima

A terapia ajuda pessoas que estão passando por momentos de conflitos ou de estresse a encontrarem a harmonia novamente.

Nenhum problema é muito pequeno, muito grande ou muito embaraçoso que não tenha solução, mesmo que a resposta seja o tempo.

Sua explicação da situação mostra o amor que você tem pela companheira, porém tem estado triste e preocupado com o futuro desse relacionamento.

Se ela não poder ter filhos você conseguirá amá-la do mesmo jeito?

Diga a ela suas preocupações antes de prosseguirem na tentativa de aumentar a família. Se ela for totalmente solidária e aberta a mudanças em nome do amor que você já demonstrou por ela, siga em frente. Se não, ficaria com o conselho materno de sua genitora.

Comentários