Apelidada de “delta plus” e conhecida como AY.4.2 mutação da Covid pode ser 10 a 15% mais contagioso do que a delta

Por: Ivan Rodrigues

Ivan Rodrigues

EUA – As autoridades de saúde estão atentas em uma subvariante da Covid-19 emergente, apelidada de “delta plus”, que alguns cientistas afirmam que pode ser mais contagiosa do que a já altamente transmissível variante DELTA.

Oficialmente conhecida como AY.4.2, a delta plus apresenta duas novas mutações na proteína spike, A222V e Y145H, que permitem que o vírus entre no corpo. As mutações foram encontradas em outras variantes da Covid, então ainda não está claro o quão drasticamente as mudanças afetam o vírus.

A subvariante AY.4.2 foi encontrada em pelo menos cinco pacientes nos EUA: Califórnia, Washington, DC, Carolina do Norte, estado de Washington e Massachusetts.

De acordo com o Centros de Controle e Prevenção de Doenças ela apareceu pela primeira vez na Índia e se espalha mais facilmente do que o Ebola, SARS, MERS e a gripe espanhola. A ‘delta plus’ da Covid está se espalha no Reino Unido.

As autoridades de saúde alertaram durante semanas que variantes mais poderosas e potencialmente resistentes à vacina de Covid poderiam se desenvolver enquanto surtos generalizados continuassem a ocorrer, alimentados por bilhões de pessoas em todo o mundo que permanecem sem tomarem a vacina. O conselheiro médico chefe da Casa Branca, Dr. Anthony Fauci, disse em agosto que os EUA poderiam estar “sérios apuros” se outra mutação ultrapassasse a delta, pedindo aos não vacinados que tomem suas vacinas na esperança de tentar conter uma onda que colapsou os sistemas de saúde do país.

Comentários