Netflix: A lenda da F1 Michael Schumacher

Por: Redação

A lenda da F1 sofreu um ferimento na cabeça após um acidente de esqui nos Alpes franceses em 29 de dezembro de 2013.

A lenda da F1 comemorando a vitória no Grande Prêmio da China de Fórmula Um no Circuito Internacional de Xangai em 2006. Crédito: AP: Associated Press

A condição de Michael Schumacher vai melhorar, disse seu amigo íntimo Jean Todt.

CONTINUA A LUTAR 

Michael Schumacher vai “melhorar lenta e seguramente”, diz amigo próximo em uma rara atualização de saúde, quase 8 anos depois do acidente de esqui

Ele caiu e bateu com a cabeça em uma pedra ao cruzar uma área fora de pista em Meribel e se feriu apesar de usar um capacete de esqui.

Schumacher foi levado ao hospital e colocado em coma induzido após sofrer o que foi descrito como uma “lesão cerebral traumática”.

Os médicos disseram que ele teria morrido se não estivesse usando o equipamento de segurança.

O ex-piloto da Ferrari e da Mercedes saiu do coma em junho e foi liberado para se reabilitar em sua casa na Suíça .

Tem havido poucas atualizações sobre sua saúde ao longo dos anos, mas seu amigo próximo e chefe da FIA, Todt, agora falou sobre sua esperança de que a condição de Schumacher melhore.

Ele sobreviveu – mas com consequências Jean Todt

Ele disse ao jornal alemão Bild que a esposa da lenda, Corinna, cooperou com os médicos, pois queria que ele sobrevivesse após o incidente.

O Sr. Todt disse: “Passei muito tempo com Corinna desde que Michael teve seu grave acidente de esqui em 29 de dezembro de 2013. Ela é uma ótima mulher e dirige a família.

“Ela não esperava isso. Aconteceu de repente e ela não teve escolha. Mas ela o faz muito bem. Eu confio nela, ela confia em mim.

“Graças ao trabalho de seus médicos e à cooperação de Corinna, que queria que ele sobrevivesse, ele sobreviveu – mas com consequências.”

Schumacher e sua esposa Corinna na estação de esqui de Madonna di Campiglio, Itália, em 2005. Crédito: EPA

Em uma atualização de 2019, Schumacher estava fazendo “bom progresso”, mas também “lutando para se comunicar”.

Um documentário sobre a vida e a carreira do ícone da F1 está programado para ser publicado no Netflix este mês.

O trailer começa com o próprio Schumacher, dizendo: “100% perfeição, não poderia viver com nada inferior.”

No clipe, Corinna descreve seu marido como “alguém especial” enquanto fala comovente sobre seu relacionamento.

Seus filhos também aparecem no documentário, que chegará à plataforma de streaming no dia 15 de setembro .

Sua filha mais velha, Gina-Maria, de 24 anos, diz no trailer: “Bem, ele é meu pai, e fico feliz que seja.”

Seu filho Mick, que está construindo sua própria carreira na F1 e atualmente em sua temporada de estreia com Haas, diz: “Quando eu olho para ele, penso, ‘Eu quero ser assim’.”

O pai de Schumacher, Rolf, acrescenta: “Mesmo quando criança, ele sabia o que queria.”Um novo documentário sobre a vida e carreira de Michael Schumacher será lançado este mês.

Comentários