‘Boa noite se uma paciente chegar no hospital hub com 8 de dilatação gestante de 37 semanas consegue atendimento mesmo morando em valparaiso de Goiás?’ Thais Michelle

Por: Redação

Comentário em 20/03/2021 às 01:27 no portal S&DS por Thais Michelle [email protected]

Educação dos Filhos

O setor de Ginecologia e Obstetrícia do HUB – Hospital Universitário de Brasília realiza cerca de mais ou menos mil atendimentos por mês, entre emergências a pacientes ginecológicas e gestantes, internação de gestantes nas enfermarias de alto risco, puérperas (pós-parto) e recém nascidos.

De acordo com o contrato firmado entre o HUB e a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF), a unidade recebe pacientes referenciados, ou seja, aqueles que são previamente atendidos por algumas das unidades assistenciais da SES-DF e são posteriormente encaminhados ao HUB pelo sistema de regulação da SES-DF (SISREG).

O HUB também atende os pacientes encaminhados pelas unidades de saúde de São Sebastião, Paranoá e Itapuã, que formam a Região Leste de Saúde do DF.

Negligência

“No caso relatado em questão, não pode o HUB ou quaisquer unidades de saúde do DF, ou do Brasil, negar-se ao atendimento de trabalho de parto, no seu caso de avançada situação” Enfermeiro Ivan Rodrigues.

Quando o bebê nasce com 37 semanas é considerado a termo ou sendo especifico, considerado dentro do aguardado. Porém, se ocorre de forma natural realmente não existe problemas, mas se for antecipado por desejo da mãe ou do médico pode oferecer grandes riscos de prematuridade.

Central de Atendimento: 2028-5000

Unidade Materno-Infantil – Emergência da Ginecologia e Obstetrícia Ramal: 5301

Unidade Materno-Infantil – Centro Obstétrico (Pré-parto) Ramal: 5503

Comentários