Proliferação da COVID-19 na Igreja Evangélica Assembleia de Deus Vida fecha instituição

Por: Ivan Rodrigues

Após turnê de cantora evangélica, no dia 1 de novembro, na Igreja Evangélica Assembleia de Deus Vida, localizada em Stº Lowell, Massachusetts, EUA, 50% dos fiéis apresentaram sintomas e testaram positivo para a COVID-19.


Na semana seguinte dos 50% já contaminados transmitiram o vírus para mais 30% dos fiéis, totalizando 80% que apresentaram sintomas ou que testaram positivo.

Como medida sanitária, o pastor presidente, Geraldo Silva, determinou a suspensão de todas às atividades da igreja.

Os Estados Unidos é o país mais atingido pela pandemia, são 11.279.503 casos confirmados e 246.879 mortes no país, os casos de pessoas que testaram positivo para covid-19 ultrapassaram a marca de 11 milhões, as internações estão recordes, isso demonstra que o país já enfrenta uma segunda onda de contágios.

Comentários