2020: o ano do Coronavírus

Por: Ivan Rodrigues

14 de Março de 2020

Redação

O novo agente do coronavírus foi descoberto em (31/12/19 ) após vários casos registrados na China.

O Coronavírus é de um grupo de vírus de RNA, assim chamado porque se parece com uma coroa ou halo quando visto no microscópio eletrônico. A coroa ou halo é devido a uma série de projeções de superfície no envelope viral.

Os primeiros coronavírus foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

O primeiro coronavírus humano foi cultivado na década de 1960 a partir de cavidades nasais de pessoas com o resfriado comum.

Coronavírus, da família Coronaviridae, é uma classe de vírus animal associada ao resfriado comum e outras condições mais graves, como pneumonia e síndrome respiratória aguda grave.

Primeiro alerta ao mundo

A Organização Mundial de Saúde (OMS) emitiu o primeiro alerta da doença em 31 de dezembro de 2019, depois que autoridades chinesas notificaram casos de uma misteriosa pneumonia na cidade de Wuhan.

Sendo, então, adotadas medidas como isolamento de pacientes e realização de exames para tentar identificar a origem da doença.

Wuhan, epicentro do coronavírus

As megalópole, Pequim (norte), Xangai (leste) e Shenzhen (sul) começaram a registrar os casos da doença desde então.

Um chinês de 61 anos foi o primeiro paciente hospitalizado com dificuldades de respiração e pneumonia grave, que veio a morrer após uma parada cardíaca, no dia 9 de janeiro. Nesse momento, já haviam 41 pessoas infectadas.

15 de janeiro – Coronavírus desembarca nos EUA

O coronavírus chegou aos Estados Unidos em dia 15 de janeiro, após um viajante da China ser diagnosticado ao desembarcar em Seattle, no estado de Washington.

20 de janeiro – Transmissão humana é comprovada

O cientista chinês, Zhong Nanshan, confirma à rede estatal CCTV, a transmissão de pessoa para pessoa.

22 de janeiro – Início da quarentena

Wuhan o epicentro da transmissão do vírus – foi a primeira a adotar a medida, na quarta-feira (22/01). Na quinta (23/01), duas cidades vizinhas a Wuahan – Huanggang e Ezhou também seguiram o mesmo protocolo e suspenderam a circulação de trens.

Mundo se fecha

Em 11 de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde classificou a Doença pelo Coronavírus 2019 (COVID-19) como uma pandemia. O vírus estaria circulando em todos os continentes do mundo.

14 de março Boletim Epidemiológico

Já como pandemia que matou mais de 5.700 pessoas em 137 países desde dezembro, com números atuais de contágios, segundo dados oficiais, de 151.767 infectados e crescente.

O novo coronavírus superou neste sábado (14/03), mais de 150 mil infectados em todo o mundo. Os Estados Unidos, Reino Unido, Colômbia, Rússia, Brasil e vários países europeus intensificaram as medidas para atenuar o impacto da pandemia de coronavírus, provocando o fechamento de suas fronteiras e o confinamento de milhões de seus cidadãos.

Os EUA abalaram a economia mundial ao proibir essa semana os voos oriundos da Europa por 30 dias, ampliará a medida de suspensão para o Reino Unido, afirmou o presidente Trump a jornalistas.

Países europeus – Centro da pandemia atual é a Europa, segundo a OMS.

Espanha, junto com a Itália, onde a pandemia mais se espalha, registrou [1.500 novos contágios] nas últimas 24 horas, chegando-se a quase 6.000 infectados, já tendo 180 mortos.

A Rússia confirmou fechar suas fronteiras terrestres aos estrangeiros no próximo domingo, já a Noruega anunciou o fechamento de portos e aeroportos.

*Aguardando novas atualizações.

Comentários