SES-DF investiga 03 mortes por dengue que poderiam ter sido evitadas se médicos não tivessem agidos com negligência

13 de Janeiro de 2020

Redação

As investigações correm em segredo em razão da pressão médica sobre os colegas denunciados.

Os prontuários dos pacientes (2019) relatam idades entre 50 a 70 anos, inclusive um caso, que sendo acionado o Serviço de Atendimento Médico de Urgência [SAMU] não foi liberado pelo médico regulador a ambulância para o paciente que mais tarde veio a falecer.

Os gestores da pasta já têm ciência que os casos se tornaram públicos e precisam dar uma resposta o quanto antes, se não, responderão por prevaricação.

Como se tratam de casos que figuram em prontuários, o site não divulgará, por hora, os nomes dos pacientes.     

Leave a Comment