Justificamos a fonte legalizando o seu “dinheiro”

Se você ganhou dinheiro de forma ilícita – por exemplo, com corrupção – e está tendo dificuldade em justificar a fonte. Temos uma estratégia de serviço para justificar a fonte e, assim, evitar suspeitas da polícia ou da Receita Federal.

Primeiramente é preciso que eu confie em você, e, você em minha pessoa. E isso já não é mais uma barreira entre nós, pois chegou até nossos serviços especializados.

A expressão “lavar dinheiro” surgiu nos Estados Unidos para designar um tipo de falsificação de dólares que incluía colocar as notas em máquina de lavar para que adquirissem aparência de velhas. De lá para cá, a “lavanderia” sofisticou seus métodos.

A globalização do sistema financeiro mundial nos permitiu que os recursos duvidosos de nossos clientes circulem entre contas bancárias de diferentes países e pessoas em questão de segundos e, assim, o dinheiro acaba incorporado à economia de forma “legal”.

Diante do estabelecimento de nossas reciprocidades financeiras, siga os passos e coordenadas abaixo:

Depósito

1º – Conta para o depósito do dinheiro a ser legalizado:

Banco do Brasil – Agência: 3476-2 Conta Corrente: 27.007-5

2º – Que não seja você o depositante;

3º – Se o dinheiro a ser legalizado proceder de políticos, membros de tribunais superiores, membros do MP, juízes, TCU, Presidência da República, Ministros de Estados cobramos porcentagens dobradas em razão do risco aumentado da operacionalização;

4º – Você precisará ter bens que justifiquem nossa compra dos mesmos ou possuir empresas legais para ‘facilitar’ o processo.

Em média, para se legalizar dinheiro junto aos órgãos de controle financeiros, leva-se, até 02 dois anos. 

Leave a Comment