Confirmado à presidência pelo Partido Republicano Trump reafirma construir muro na fronteira com o México e promete ainda expulsar todos os imigrantes ilegais que já estão nos EUA

Donald TrumpAgora é pra valer e de se preocupar. Donald Trump foi confirmado como o candidato do Partido Republicano à presidência dos EUA nesta terça (19/07), ao conseguir o número de delegados necessário durante a convenção nacional do partido em Cleveland, Ohio.

“Vamos ganhar a presidência e levar mudança verdadeira e liderança de volta a Washington. Será uma liderança que põe o povo americano em primeiro. Vamos trazer de volta nossos empregos, vamos reconstruir nossas forças armadas enfraquecidas e cuidar de nossos grandes veteranos. Teremos fronteiras fortes, nos livraremos do Estado Islâmico, e restauraremos a lei e a ordem”, disse Trump por mensagem em vídeo exibida na convenção após fim da votação.

Trump diminuiu a vantagem de sua concorrente pelo partido democrata Hillary Clinton para 7 pontos percentuais, ante de 15 pontos na semana passada, de acordo com uma pesquisa Reuters/Ipsos divulgada nesta terça.

Donald Trump prometeu expulsar todos os imigrantes ilegais que já estão nos EUA, cerca de 11 milhões de pessoas, afirmando que aqueles que comprovarem ser “good people” (boas pessoas) serão aceitos de volta de forma legal após processo de averiguação de seus antecedentes de respeito às leis americanas em sua totalidade. Ou seja, multa por estar dirigindo sem autorização, pertubação da ordem pública…são elementos inviabilizador de retorno ao país e até de expulsão (deportação) legal.

Filhos de imigrantes ilegais, e de pais que venham a ter seus filhos no território americano, não sendo americanos, não terão mais o título (nacionalidade norte americana), e sim, a de origem de seus pais. O agora candidatíssimo Trump quer revogar a lei que dá cidadania americana automática a filhos de imigrantes ilegais nascidos em solo americano.

 Trump considera aumentar os custos de taxas de entrada no país e de vistos temporários e diz que irá acabar com o H-1B, um visto para não imigrantes que permite que empregados especializados sejam contratados temporariamente para determinados cargos por empresas americanas.

Para o bilionário Donald Trump é um grande falácia dizer que os Estados Unidos precisam da mão de obra ilegal de mexicanos, hondurenhos, porto-riquenho haverá uma “radicalização aos latinos” nos EUA.

Diz Trump que os EUA não devem receber sírios, iraquianos e outros que venham de países de maioria muçulmana. Ele propôs, inclusive, proibição da entrada de qualquer muçulmano no país até que se descubra o por que de sua visita ao Estados Unidos.

1 Comentário

  • Elias disse:

    1- Cada um tem o direito de defender seu próprio país. É importante que aceitem os estrangeiros que lhes são benéficos,

    2- Fala-se que a Europa e EUA têm de aceitar muçulmanos, ótimo! agora ninguém fala dos emirados árabes receberem. Bilionários que torram o dinheiro, mas quem tem de aceitar os vizinhos refugiados dos emirados árabes é o ocidente.

    3- Há grande perseguição dos muçulmanos contra os cristãos (ambos refugiados). É uma cultura de terror e oportunismo.

Leave a Comment