Em três meses e meio, médicos da SES-DF, atenderiam toda a população do DF

 

Corredor do Hospital de Base de Brasília em 2014.  Foto: Ivan Rodrigues

Corredor do Hospital de Base de Brasília em 2014. Foto: Ivan Rodrigues – disponível adicionar crédito

QUANT. PROF. MÉDICO  CARGA HORÁRIA  PACIENTE HORA PACIENTE DIA PACIENTE SEMANA PACIENTE MÊS
   01  20 H/SEM    02    08       40    200

1) Considerando 02 pacientes por hora;

2) Considerando 04 horas por dia de trabalho;

3) Considerando 05 dias de trabalho por semana;

4) Considerando 05 semanas por mês;

 QUANT. PROF. MÉDICO  CARGA HORÁRIA PACIENTE HORA  PACIENTE DIA  PACIENTE SEMANA PACIENTE MÊS
 4.000  20H/SEM  8.000  32.000  160.000  800.000

Considerando que a população do Distrito Federal, segundo IBGE, é de 2.852.372 habitantes;

Considerando também, que o total de médicos da Secretaria de Saúde do Distrito Federal é de 5.385;

Considerando, não oficialmente, que 1.385 médicos, estejam em áreas administrativas;

Infere-se, que com 4.000 médicos, toda a população do Distrito Federal – 2.852.372 habitantes –  seria atendida em – (03 três meses e 15 dias) – três meses e meio.

A taxa de absenteísmo ao mês, da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, é da ordem de 6,9%; é como se o Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), ficasse sem funcionar com 2.300 servidores. A Secretaria de Saúde tem em média 36.800 servidores.

É lógico, que os servidores, trabalhando em péssimas condições, sem a devida valorização financeira e de assistência à sua própria saúde, tendem a serem reféns do sistema.

“Quem cuida, trata, reabilita, encaminha…deveria de igual modo ser assistido pelo estado”.

1 Comentário

  • Nelson Rocha disse:

    Esse ajuste precisa ser feito imediatamente, já que a população sofre com a falta de atendimento e vários outros profissionais da saúde podem atuar de forma eficiente em áreas administrativas.

Leave a Comment