Presidentes nacionais do PSDB e Cidadania vão se reunir para demover candidatura do senador Izalci ao GDF

Por: Ivan Rodrigues

O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, e o presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, vão se reunir para colocar um freio na briga pública entre o senador Izalci Lucas, do PSDB, e a deputada federal, Paula Belmonte do Cidadania.

Presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, e o presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire

O Cidadania decidiu compor uma federação partidária com o PSDB em reunião do diretório nacional no dia (19/02) deste ano.

Na federação, os partidos se associam devem atuar de modo unitário por pelo menos quatro anos, segundo regulamentação do TSE. Pelo Estatuto, o presidente do PSDB, Bruno Araújo, e o presidente do Cidadania, Roberto Freire, serão, respectivamente, presidente e vice-presidente da federação.

Já no Distrito Federal, tanto Izalci, quanto Paula comandam as siglas regionalmente como presidentes.

Na regra que estabeleceu prioridade sobre o comando das eleições, no DF, havia sido colocada a quantidade de senadores eleitos por cada agremiação, porém, uma mudança trouxe como válida a quantidade de deputados federais eleitos, que veio favorecer o Cidadania de Paula, que tem lançado outro nome ao Governo do Distrito Federal, do então senador de último mandato Reguffe (União Brasil), que ainda não se declarou candidato a nada.

A fim de manterem acordadas as regras de boa convivência da federação, os mandatários nacionais, vão se reunir nos próximos dias, com Izalci e Paula para passar o bastão a quem de direito. 

Izalci tem afirmado que um senador é superior a uma deputada federal, deixando claro que irá se contrapor.

Comentários