“Moro em Valparaíso, consegui um endereço do Paranoá, se eu fizer o cartão do SUS no Paranoá e consultar no posto consigo um encaminhamento para o HUB?”

Por: Ivan Rodrigues

A autônoma Marinalva Silva de Almeida, de 62 anos, recebeu um agente comunitário de saúde em casa. A visita integra a conversão da nova política de atenção primária do DF. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Comentário deixado no portal

“Bom dia! Moro em valparaiso conseguir o endereço do paranoa se eu fizer o cartão Do Sus no Paranoá e consultar no posto consigo um encaminhamento para o HUB?” Maria [email protected]

Maria, de acordo com o contrato firmado entre o HUB e a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF), o hospital recebe pacientes referenciados, ou seja, aqueles que são previamente atendidos por alguma unidade assistencial da secretaria e são posteriormente encaminhados ao HUB pelo sistema de regulação da SES-DF (SISREG). O HUB também atende os pacientes encaminhados pelas unidades de saúde de São Sebastião, Paranoá e Itapuã, que formam a Região Leste de Saúde do DF.

Em seu caso e demais semelhantes, há um fator de inviabilização de sua demanda. O primeiro contato é com os Agentes Comunitários de Saúde da Estratégia de Saúde da Família na UBS – Unidade Básica de Saúde, antigo Posto de Saúde. O mesmo fará uma série de perguntas que de pronto, mostrará que você não reside na localidade informada.

Além do mais, a equipe fará uma visita no endereço informado por sua pessoa, o que lhe causará alguns transtornos pela não comprovação de sua residencia no endereço informado.

Inserção de dados falsos em Sistema de Informações é crime.

Comentários