Renova DF confira a lista da 1º chamada

Por: Ivan Rodrigues

Saiu edital para capacitar 3 mil pessoas em construção civil e jardinagem

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

1ª Chamada_Renova-DF em_ordem alfabética

O Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria do Trabalho, anunciou, no Diário Oficial desta segunda-feira (16), o edital de chamamento público do Programa Qualificação Profissional e Frente de Trabalho, o Renova-DF. A ação inovadora vai capacitar três mil pessoas desempregadas para atuação nas áreas de construção civil e jardinagem.

Mais uma medida do governo no enfrentamento à crise de emprego agravada pela pandemia do novo coronavírus, o programa gera renda e aquece a economia. Ao participar do curso, cada aluno vai receber do GDF uma ajuda de custo no valor de um salário mínimo, o que corresponde a R$ 1.045. Serão investidos R$ 5 milhões por mês com a formação destinada ao mercado que mais cresce no DF:  construção civil.

R$ 5 milhões Total previsto para investimento mensal na capacitação em construção civil

Serão 30 dias de formação para cada grupo de mil alunos. Eles terão aulas teóricas e práticas ministradas por profissionais do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Tudo o que for aprendido será aplicado na conservação do patrimônio público da cidade, como praças, parques infantis, pontos de encontro comunitários (PECs), calçadas e paradas de ônibus.


Curso e contratação

A proposta da Secretaria de Trabalho é de imediata inserção desses alunos no mercado profissional. Para isso, já estão sendo estabelecidas parcerias com entidades de trabalhadores e patronais, como o Sindicato das Indústrias da Construção Civil (Sinduscon).

Os empregadores dos ramos de construção civil e jardinagem enfrentam problemas de contratações diante falta de qualificação dos trabalhadores. Isso reflete em outras atividades que buscam indicações de empregados na Secretaria de Trabalho. Em setembro passado, a Agência do Trabalhador anunciou 2.778 vagas, mas somente 2.535 pessoas preenchiam os requisitos para se candidatar a elas.

“A vaga, a gente tem”, explica o secretário de Trabalho, Thales Mendes. “Os empregadores estão voltando a contratar, mas querem funcionários com o mínimo de qualificação profissional. O nosso grande desafio é preparar as pessoas para enfrentar esse mercado de trabalho de forma mais capacitada.”

“Os empregadores estão voltando a contratar, mas querem funcionários com o mínimo de qualificação profissional ” Thales Mendes, secretário de Trabalho

A construção civil no DF passa por um processo de reaquecimento depois de alguns anos em crise. Isso faz com que a demanda por mais contratações aumente proporcionalmente ao número de obras – o que exige profissionais qualificados.

Diretor de políticas e relações trabalhistas do Sinduscon, José Antônio Magalhães garante que o acesso ao banco de dados da Agência do Trabalhador e a parceria do sindicato com o GDF, por meio da Secretaria do Trabalho, asseguram um futuro promissor para o setor.

“É o melhor dos mundos”, afirma. “Promover essa qualificação é bom para a sociedade, porque abre um leque profissional, e para nós, que conseguimos contratar trabalhadores com treinamento e qualificação. É bom também para a economia da cidade, que fica aquecida com a circulação de mais renda e trabalho.”


Renova-DF

Conheça mais sobre o curso de capacitação que vai oferecer 3 mil vagas para qualificação na área de construção civil.

  • Formações: carpinteiro, jardineiro, eletricista, encanador, serralheiro e pedreiro.
  • Duração mínima de 80 horas (até 20 horas semanais).
  • Haverá cadastro reserva no total de 6 mil vagas.
  • Requisitos para participar: ser brasileiro nato ou naturalizado, ou estrangeiro em situação regular no país; desempregado; maior de 18 anos; residente no DF.
  • Cada aluno terá auxílio pecuniário (bolsa), no valor de um salário mínimo, além de transporte e seguro contra acidentes pessoais.
  • Após a conclusão do curso, os alunos terão direito a certificado, autenticado pela entidade qualificadora e pela Secretaria de Trabalho.
  • Início do curso: 12/1/2021.
  • As atividades serão desenvolvidas no âmbito das regiões administrativas (RAs) do DF, em quadras poliesportivas, praças, parquinhos infantis, parques, pontos de encontro comunitário, jardins, campos de futebol sintético, entre outros equipamentos públicos, com espaço para as aulas práticas, de interação e qualificação.
  • Inscrições: até 06/12.

O Programa Renova DF consiste na oferta de cursos de qualificação profissional integrados às atividades de conservação do patrimônio público, com o fim de proporcionar a qualificação profissional do trabalhador de forma a torna-lo apto a atender às exigências do mercado de trabalho, combatendo o desemprego, durante e após as medidas temporárias de prevenção ao contágio pelo COVID-19.

Para se inscrever, basta atender os requisitos e seguir os passos a seguir:

Passos:

EDITAL DE CHAMAMENTO

Cadastre-se para os cursos AQUI, acesso o Link: http://primeeduc.com.br/partiufuturo/inscricao/

Governo oferece 4 mil vagas para qualificação

São 13 cursos profissionalizantes destinados à faixa etária de 15 a 29 anos. Inscrições podem ser feitas até o dia 24 São 4 mil vagas para jovens de 15 a 29 anos | Foto: Divulgação

O Diário Oficial do DF trouxe uma grande oportunidade para jovens de baixa renda com idade entre 15 a 29 anos. Saiu o edital de chamamento para processo seletivo de candidatos interessados em ingressar em até 13 tipos de cursos profissionalizantes.

São 4 mil vagas para capacitação em diversas modalidades, como artesanato e biojoias, assistente administrativo, maquiador, webdesigner, garçom e mecânico. As inscrições podem ser feitas pelo site da Secretaria do Trabalho até o dia 25 deste mês.

Além da definição da idade, são critérios para a seleção ter inscrição ativa do Cadastro Único e ser de família de baixa renda. As vagas estão distribuídas em quatro unidade, localizadas na Asa Sul (1.420).,Taguatinga (1.530), Gama (690) e Sobradinho (360).

Segundo o edital, os cursos ofertados terão no mínimo 200 horas/aulas e serão compostos pelos módulos básico e específico. No primeiro, o aluno terá 140 horas/aulas voltadas especificamente para a profissão para a qual se inscreveu. Já no módulo geral, o ensino será introdutório e nivelador, com as disciplinas Português, Matemática, Direito do trabalho e Educação ambiental, cada uma com 15 horas/aulas.

Já na inscrição, o aluno pode optar por duas opções de curso e turno, podendo ser contemplado em qualquer um dos dois cursos. Após o preenchimento da ficha de inscrição, o candidato receberá a mensagem de confirmação, juntamente com as informações sobre seleção e data dos resultados.

Cursos profissionalizantes 

São 4 mil vagas para jovens de 15 a 29 anos. Fique ligado!

Critérios para seleção:

  • Ter de 15 a 29 anos;
  • Ter cadastro ativo do Cadastro Único;
  • Ser de família de baixa renda;
  • Preferencialmente, residir na Região Administrativa em que o curso será oferecido;
  • Como critério de desempate, será levada em consideração a ordem crescente de número de inscrição.

Cursos ofertados

  • Artesanato e biojoias
  • Assistente administrativo
  • Atendente de consultório
  • ]Auxiliar de contabilidade
  • Maquiagem
  • Montagem e manutenção de micro
  • ]Programador android
  • Redes e teleprocessamento
  • Robótica
  • Webdesigner
  • Garçom / Barman / Barista
  • Organizador de eventos
  • Mecânica de automóveis