Vergonha histórica! TJDFT empossou Maria Ivatônia Barbosa dos Santos, a primeira desembargadora negra do DF

12 de Dezembro de 2019

por ACS — publicado 3 horas atrás

posse-ivatonia.jpg

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios – TJDFT empossou nesta quinta-feira, 12/12, Maria Ivatônia Barbosa dos Santos, a primeira desembargadora negra da Justiça local. A solenidade, conduzida pelo Presidente do Tribunal, desembargador Romão C. Oliveira, foi prestigiada por autoridades, magistrados, servidores, familiares e amigos da nova desembargadora.

Após apresentar uma breve biografia da empossada, o Presidente destacou que espera que a magistrada seja tão feliz como desembargadora desta Corte quanto foi até hoje na qualidade de juíza do 1º Grau e de juíza substituta de 2º Grau. “Tenho certeza que a santidade caminha com nossa desembargadora. Uma pessoa pura, perfeita, talhada para a magistratura. Certamente prestará um grande serviço ao Distrito Federal”, ressaltou o desembargador. Durante a cerimônia, a nova magistrada da Justiça do DF realizou a leitura do juramento de posse e foi condecorada com a Ordem do Mérito Judiciário do Distrito Federal e dos Territórios, em seu grau máximo – Grão Colar.

Além do Presidente do TJDFT, compuseram a mesa de honra da solenidade: a Procuradora-Geral de Justiça do DF, Fabiana Costa; o Consultor Jurídico do DF, Rodrigo Becker, representando o Governador do DF, Ibaneis Rocha; o Presidente da Associação dos Magistrados do DF, juiz Fábio Esteves; e o Secretário-Geral da OAB/DF, Márcio de Souza Oliveira, representando o Presidente da entidade Délio Lins.

posse-ivatonia-2.jpg

A nova magistrada

A nova desembargadora do TJDFT foi eleita de forma unânime em sessão do Pleno do TJDFT, no dia 19/11. A magistrada ocupa a vaga decorrente da aposentadoria do desembargador Marco Antônio da Silva Lemos.

Natural de Arraias/TO, a ex-delegada da Polícia Civil de Goiás ingressou na magistratura do DF em 07/05/1993, como juíza de direito substituta. Em 02/02/1996, foi promovida a juíza de direito, e, em 15/4/2014, tomou posse no cargo de juíza de direito substituta de 2º grau.

Graduada em Direito pela Universidade Católica de Goiás – UCG, a magistrada é pós-graduada em Direito Constitucional Eleitoral pela Universidade de Brasília – UnB, em Direito Penal e Direito Administrativo pela Universidade Católica de Brasília e em Direito Penal, Direito Processual Penal e Direito Constitucional pela Universidade Católica de Goiás.

Como juíza substituta, atuou na 2ª Vara de Entorpecentes e Contravenções Penais/DF. Foi titular da Auditoria Militar e da 2ª Vara Criminal de Taguatinga; diretora do Fórum de Taguatinga e do Fórum Desembargador José Júlio Leal Fagundes; e coordenadora da Central de Guarda de Objetos de Crime (CEGOC) – tendo sido condecorada com a Medalha do Mérito Policial Civil Juscelino Kubitschek de Oliveira pelos relevantes serviços prestados à frente da CEGOC; entre outras atividades. 

No Tribunal Regional Eleitoral do DF, a magistrada ocupou os cargos de desembargadora eleitoral titular e substituta, bem como de Ouvidora, e foi condecorada com a medalha do Mérito Eleitoral do Distrito Federal na classe jurista. Além disso, foi coordenadora da Revista da Escola da Magistratura do Distrito Federal.

Clique aqui e confira as fotos da solenidade no Flickr do TJDFT.

 Fotos: Samuel Figueira – Proforme/Divulgação TJDFT

Leave a Comment