Confira sete frases simbólicas do último discurso de Barack Obama

Por: Ivan Rodrigues

“Esta noite é a minha vez de dizer obrigado”.

Assim o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, iniciou seu último discurso no cargo.

O pronunciamento ocorreu na noite de terça-feira, em Chicago, cidade onde começou sua carreira política.

1.”Vocês foram a mudança”: Obama deu crédito aos cidadãos pelas várias realizações de seu governo, como o descongelamento das relações com Cuba, o fim da recessão econômica, a queda da taxa de desemprego e o acordo nuclear com o Irã.

2.”O futuro está em boas mãos”: foi a forma otimista do líder de dirigir-se às novas gerações que, segundo ele, “em breve serão maioria”.

3.”No entanto, não estamos onde precisamos estar. Todos nós temos muito trabalho para fazer”, refletiu Obama frente ao racismo existente nos Estados Unidos.

A despedida de Barack Obama em 7 frases4.”A democracia pode cambalear quando entregue ao medo”, foi o que disse o presidente americano sobre a crescente intolerância frente a minorias, principalmente em relação à discriminação contra a comunidade muçulmana nos Estados Unidos.

5.”Assumam o desafio das mudanças climáticas”: Obama destacou que, em oito anos, conseguiu reduzir a dependência de seu país por combustíveis fósseis e dobrou as reservas de energias renováveis. Ele pediu aos americanos para não abandonar essa agenda. “Nossos filhos não terão tempo para debater a existência das mudanças climáticas. Estarão ocupados lidando com seus efeitos”, concluiu.

6.”Peço a vocês que criem”: o “último pedido como presidente” de Obama foi um apelo para que os americanos usem suas habilidades para mudar as coisas.

7.”Sim podemos”: assim concluiu o presidente dos Estados Unidos em seu discurso. Ele afirmou que ter servido a seu país foi a maior honra de sua vida. Depois agradeceu à plateia, pediu a Deus que “continue abençoando os Estados Unidos” e terminou a fala.

Mais quatro anos

Os seguidores de Obama interromperam o discurso com gritos pedindo “mais quatros anos”.

“Não posso fazer isso”, reagiu Obama aos risos.

Comentários