Detran-DF sobra dinheiro em caixa, ao mesmo tempo que investimentos em educação, fiscalização e engenharia não chegam a 1%

Por: Redação

Execução Orçamentária do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF). Foto: S&DS

Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) está com  Superávit  em caixa de R$ 201.531.342,23 milhões, dos quais grande parte, são provenientes de infrações de trânsito que deveriam ser investidos em educação, fiscalização e engenharia. 
O montante que o Detran arrecada com multas corresponde a pelo menos a 27% da arrecadação do órgão e o investimento desse dinheiro precisa ir para educação de trânsito.


 Do montante citado [R$ 201.531.342,23 milhões], apenas 0,381% tiveram empenho liquidado, o que corresponde a R$ 768.640,23 que não chegam a 1% da receita disponível em caixa em 2021, segundo a Execução Orçamentária do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), feita pela portal S&DS.


Falta competência para licitar? O órgão possui uma central de licitações exclusiva que precisa ser mais eficiente em seus processos licitatórios, não dando margens a questionamentos dos órgãos de controle como o TCDF. É preciso investir mais em campanhas de conscientização de condutores, pedestres e ciclistas. 


A população quer ver mais a atuação dos agentes do Detran que estão sumidos das ruas fiscalizando, orientando, multando; dando ênfase em ações educativas que se mostram fundamentais para a promoção de um trânsito de paz. 


O órgão não respondeu a indagação do portal S&DS de quanto tinha investido separadamente em educação, fiscalização e engenharia, até a presente data, razão esta que a reportagem utilizou o montante total do valor chegando a 0,381%, menos de 1%.

Caso o Departamento de Trânsito do Distrito Federal julgue importante esclarecer os números, a redação aguarda resposta por parte do mesmo.   

Comentários