PSB sem senadora e deputado no DF

Por: Redação

O distrital Roosevelt Vilela e a senadora Leila Vôlei prestes a abandonarem o PSB-DF

Estará desembarcando do Partido Socialista Brasileiro (PSB-DF), nos próximos dias, a senadora Leila do Vôlei que sonha em disputar a eleição para o Palácio do Buriti em 2022, pelo partido Cidadania, contra o governador Ibaneis Rocha (MDB-DF).

A ex-jogadora Leila, sem nenhuma experiência, foi levada a uma cadeira do Senado Federal, pela máquina pública na gestão do então ex-governador Rodrigo Rollemberg (PSB), que a nomeou como secretária de Esporte em uma pasta que recebeu milhões na gestão socialista. Leila quer sentar na janela sem nenhuma obra pública ou projeto que justifique seu psicodelismo sonho.

Debandada socialista

Após a expulsão do deputado distrital multimilionário, José Gomes, ex-PSB, novo $ocialismo; o último remanescente, distrital Roosevelt Vilela, segue firme na base do governador Ibaneis, inclusive fazendo indicações na estrutura de governo da qual é seu seguimento político, os Bombeiros DF.

Vilela é outro a deixar as fileiras do PSB ou ser expulso por fazer parte de um governo que derrotou Rollemberg e segue com grandes chances de reeleição em 2022, pois tornou o Distrito Federal em um grande canteiro de obras e segue forte na regularização fundiária.

De ex-governador para deputado distrital

Ex-governador Rodrigo Rollemberg

A presidente do PSB 10ª zonal, professora Francismar Moreira de Figueirêdo Lima, informou que o ex-governador Rodrigo Rollemberg será candidato a deputado distrital em 2022. Um claro sinal de quem reconheceu seu tamanho político, após rejeição de 69,79% da população que preferiu eleger Ibaneis Rocha.

Comentários