Governo Ibaneis tem maior investimento no combate a dengue no DF

Por: Redação

A endemia da dengue assolou o Distrito Federal – entre 2014 a 2018 – era como a atual pandemia do novo Coronavírus em razão de seu temor diário, dadas as devidas proporções, nos noticiários diários.  


A análise feita pelo portal S&DS mostra que houveram subfinanciamentos das ações de – VIGILÂNCIA AMBIENTAL e  EPIDEMIOLÓGICA -, que culminaram em altos índices de mortes para os períodos (2014 – 2018) no DF.  
De acordo com o Quadro Detalhamento Despesa da Saúde de 2016, dos R$ 14.377.634,00 milhões autorizados para Vigilância Ambiental apenas R$ 3.492.328,27 foram liquidados, ou seja, só 24% do orçamento para o programa de trabalho

No comparativo com 2020, dos R$  4.948.865,00 milhões autorizados para o programa de  Vigilância Ambiental, foram liquidados R$  3.175.280,92 correspondendo a quase 65% para o programa, um claro aumento de 40% (veja quadro abaixo).


Já a situação da VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA no comparativo entre 2016 e 2020, os dados mostram total descaso governamental para o combate da dengue no DF. 


Em 2016, dos R$ 6.246.532,00 milhões autorizados para o programa de VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA nenhum valor R$ 0,00 – conforme  Quadro Detalhamento Despesa foram liquidados. 

Em 2020, dos R$  70.000,00 autorizados para o programa de trabalho, 100% do valor foi liquidado


O mosquito Aedes aegypti que é o principal transmissor de dengue, zika e chikungunya foi negligenciado no governo anterior gestão (2014 a 2018). 


 Orientações sobre como  prevenir a dengue?

  • Utilize telas de proteção com buracos de, no máximo, 1,5 milímetros nas janelas de casa
  • Deixe as portas e janelas fechadas, principalmente nos períodos do nascer e do pôr do sol
  • Mantenha o terreno limpo e livre de materiais ou entulhos que possam ser criadouros
  • Tampe os tonéis e caixas d’água
  • Mantenha as calhas limpas
  • Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo
  • Mantenha lixeiras bem tampadas
  • Deixe ralos limpos e com tela
  • Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia
  • Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais
  • Limpe todos os acessórios de decoração que ficam fora de casa e evite o acúmulo de água em pneus e calhas
  • Coloque repelentes elétricos próximos às janelas – o uso é contraindicado para pessoas alérgicas
  • Velas ou difusores de essência de citronela também podem ser usados
  • Evite produtos de higiene com perfume, pois podem atrair insetos
  • Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa

Comentários