Aeromoça é presa por tráfico de drogas após perder o emprego devido a Covid-19

Por Ivan Rodrigues – S&DS

Brasília – 01 de Outubro de 2020

Alexandra Dobre, 27 anos.

Uma aeromoça foi presa depois de se voltar para o tráfico de drogas quando perdeu o emprego por causa da Covid-19.

Alexandra Dobre, 27 anos, foi presa, tinha um esconderijo em seu apartamento onde guardava a cocaína.

Dobre trabalhou para várias companhias aéreas.

Em sua página do Instagram ela posa orgulhosa ao lado de um jato com seu uniforme e curtindo os passeios turísticos em cidades da Europa.


Mas a pandemia veio acabar com seus sonhos e um homem que ela conheceu em um aplicativo de namoro a recrutou como mensageira para entregar pacotes de cocaína.

Ela havia se mudado para outra cidade quando a polícia parou seu Fiat Punto encontrando seis embalagens da droga em sua bolsa.

Os policiais vasculharam seu apartamento e descobriram 81 sacos plásticos de pó branco em seu quarto. O promotor de justiça Neil Ahuja disse: “O teste deu positivo para cocaína”.

No total, foram descobertos 19,4 gramas, com valor de rua estimado entre R$ 12.655,99 e R$ 18.985,44, juntamente com R$ 3.491,58 em dinheiro.

Alexandra admitiu posse de cocaína com intenção de fornecer e recebeu 28 meses de condenação.

O defensor Paul Cliff, disse ao tribunal da coroa de Stoke-on-Trent que ela se mudou da Romênia para o Reino Unido há três anos.

Ele disse: “Ela foi comissária de bordo por vários anos, em diferentes companhias aéreas. Ela era bem paga.


“Ela perdeu o emprego na primavera deste ano, perdendo sua acomodação como resultado disso. Ela estava perdida sobre o que fazer e seguir na vida.”

Ele alegou que o namorado dela a atraiu para o comércio, solicitando para armazenar as drogas no apartamento em troca de aluguel.

Cliff acrescentou: “Desde a prisão dela, ele desapareceu e ela não conseguiu contatá-lo.

“Ela estava claramente agindo sob direção.”

O juiz David Fletcher disse que ela tinha entendimento que o que estava fazendo era um crime.

Ele disse à ela: “É uma substância de classe A, cujo consumo causa miséria. Você foi uma peça importante nessa roda do suprimento desta droga em particular. ”

Leave a Comment