Um ano e sete meses de mandato | Ibaneis governa sem olhar no retrovisor

Por: Ivan Rodrigues

16 de Julho de 2020

Redação

Ibaneis Rocha - MDB - Buriti - GDF

Ibaneis entrega Ponte do Bragueto totalmente revitalizada

A culpa de tudo que está acontecendo atualmente no Distrito federal pode ser atribuída ao governador Ibaneis Rocha?

Pode sim! Tirou a saúde da – UTI – quando nos restavam os Prontos Socorros fechados; UPAs em atendimento apenas de casos classificados em vermelho, falta de profissionais em números suficientes, entre outras situações, as intermináveis filas de cirurgias e de exames zeradas na gestão de Ibaneis.

Ibaneis, como muitos estão observando é um verdadeiro tocador de obras. Pelo menos uma obra foi iniciada ou finalizada a cada 36 horas no DF.

#Em construção novas 07 UPAs: Paranoá, Brazlândia, Riacho Fundo II, Gama, Ceilândia, Vicente Pires e Planaltina;

#Revitalização das quadras 509 e 510 da W3 Sul – R$ 2,3 milhões;

#Desvios de trânsito necessários para a construção do Túnel de Taguatinga – R$ 275,5 milhões;

#DF-290, a drenagem do km 4 em Santa Maria;

#Previsto para os próximos dia a construção do viaduto na Estrada Setor Policial Militar (ESPM), no trecho localizado entre o Quartel do Comando Geral da Polícia Militar e o Terminal da Asa Sul (TAS). 

#Construções em diferentes regiões administrativas de quatro bacias de contenção no Aterro Sanitário de Samambaia e a edificação de quatro Unidades Básicas de Saúde (UBSs) no Jardins Mangueiral, Paranoá Parque, Vale do Amanhecer e QNR 02 em Ceilândia;

#Revitalização das tesourinhas nas Asas Sul e Norte no Plano Piloto e inauguração da Praça dos Estados;

#Revitalização do Eixão;

#Estacionamento do campus Gama da Universidade de Brasília (UnB);

#Troca de pavimento no BRT Sul, na altura do aeroporto, de duas faixas de rolamento na DF-047 entre a Estrada Parque Dom Bosco (EPDB/ DF-025) e a Estrada Parque Guará (EPGU/ DF-051);

#Implantação de infraestrutura de energia elétrica no Noroeste – R$ 231 mil;

#Rede de água e esgotamento sanitário no Projeto Habitacional da 3ª Etapa do Riacho Fundo II – R$ 9,5 milhões;

#Construção de residências populares para atendimento das comunidades indígenas Kariri-Xocó e Tuxá, no Noroeste;

#Autorizado para este ano o início das obras do viaduto que liga as regiões administrativas do Recanto das Emas e do Riacho Fundo II;

#Autorizada licitação para construção de viaduto no Riacho Fundo I;

#licitação para contratação de empresa responsável pela execução de obras de drenagem, pavimentação, sinalização e calçadas das vias internas e principais dos Lotes 2, 5, 8 e 9 do Setor Habitacional Vicente Pires.

A nossa saúde pública, o que muitos precisam entender; é, que, com a implantação do Instituto de Saúde (Iges-DF) novo modelo assistencial de sucesso está cada dia mais sobrecarregada com os pacientes de responsabilidade do governo do estado de Goiás.

Eleitores, lembrai-vos de Cristovam, Agnelo e Rollemberg com suas políticas desastrosas para o Distrito Federal, sobretudo, na gestão da saúde.

Comentários