Vou de Táxi, Uber…pois o SAMU parou, cê sabe

Por: Ivan Rodrigues

“Vou de táxi, cê sabe
Tava morrendo…” 

Motoristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192

Hoje, sessenta (60) motoristas do SAMU-DF estiveram na Central de Regulação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para comunicar que não irão mais fazer horas-extras tendo em vista que não estão recebendo pelos serviços extraordinários.

O site #SaúdeDireitosSociais&Inovações entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde para esclarecimentos sobre a situação.

Não houve interrupção dos serviços. Houve devolução de horas extras. Desta forma, os servidores trabalharão somente as horas contratuais.
As horas extras referentes ao mês de agosto deverão ser pagas ainda na primeira quinzena de janeiro. Atenciosamente, Assessoria de Comunicação Social/SES-DF.
A Secretaria-Adjunta de Assistência à Saúde, Eliene Ancelmo Berg, em reunião com os motoristas do SAMU, chegou a dizer que até sexta-feira teria uma posição sobre os pagamentos, informou um dos presentes ao site.

Comentários