Quantidade de servidores demitidos, exonerados, de aposentadorias cassadas no ano de 2016

A Secretaria de Saúde também foi alvo da operação Drácon – Máfia das órteses e próteses.

Os servidores demitidos do serviço público, neste ano de 2016, chegaram a (21) vinte e um de acordo com as informações do Governo do Distrito Federal (GDF) ao site Saúde & Direitos Sociais.

Os que tiveram a conversão de exoneração em destituição do cargo em comissão somam-se no total de (04) quatro servidores.

Outras penalidades de expulsão (perda do cargo, exclusão das fileiras da corporação), chegaram a (12) doze.

Houve apenas (01) uma cassação de aposentadoria.

O total de ex-servidores que foram retirados da folha de pagamento do governo distrital alcançou (38) trinta e oito no ano de 2016.

O site

Enquanto assistimos inúmeras cenas de corrupção, fraudes, desvios,  associação para o crime praticados por servidores das diversas pastas da administração pública direta e indireta do Governo do Distrito Federal, nos perguntamos se este número de (38) demissões refletem no saneamento da máquina pública.

As figuras emblemáticas, de foro privilegiado do GDF, continuam guardadas a sete chaves dentro da máquina pública. São anos e anos de impunidades sem nenhuma resposta para a sociedade e a opinião pública.

O site   

– Quantos servidores respondem nesta Corregedoria por ato ilícitos?

Corregedoria Geral do Distrito Federal

– Com relação à quantidade de servidores que respondem a atos ilícitos nesta Subcontroladoria de Correição Administrativa, da Controladoria-Geral do DF, cumpre esclarecer que são informações de caráter reservado, conforme dispõe o art. 220 da LC 840/2011. Tão logo ocorram os julgamentos dos feitos, as punições serão lançadas no Portal da Transparência para conhecimento da sociedade a fim de que possa ser exercido o controle social.

Leave a Comment