Governador Rollemberg determina substituição de horas extras na saúde por concursados

Secretaria de Estado de Saúde do Distrito FederalCom grandes dificuldades orçamentárias e ao mesmo tempo precisando ampliar o quadro de RH da secretaria de Saúde, o governador Rodrigo Rollemberg determinou ao secretário Fábio Gondim, que proceda a substituição gradativa de horas extras por aprovados em concursos.

O secretário de Saúde solicitou um estudo detalhado para subsecretaria de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde (SUGETES), responsável pela área de nomeações e provimentos da pasta.

O site já havia levantado este assunto sobre a possibilidade de substituições de horas extras da SES-DF por concursados. Veja: Por que a SES-DF não troca horas extras por 2.564 novos servidores?

Os concursados a serem nomeados nessa próxima chamada não serão muitos, até porque a Lei de Responsabilidade Fiscal precisa ser respeitada e o DF já se encontra acima do limite prudencial da Lei.

A previsão de chamamento será para fonoaudiólogos e farmacêuticos bioquímicos que haviam pedido final de fila no último concurso, assistentes sociais, técnicos de enfermagem, médicos em maior número de chamamento do certame, enfermeiros e finalização do número de pediatras da lista.

O cronograma de nomeações dos candidatos aprovados no certame – EDITAL No  01 – SEAP/SES-NM, DE 28 DE MAIO DE 2014 – previa a nomeação das vagas oferecidas para provimento imediato, da seguinte forma: 40% (quarenta por cento) para o ano de 2015, 30% (trinta por cento) para o ano de 2016 e 30% (trinta por cento) para o ano de 2017.

Fica entendido, conforme orientação da Subsecretaria de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde (SUGETES), que o ano de início do chamamento dos 40% (quarenta por cento) esta prorrogado para 2016.

O chamamento das demais categorias está em analise por parte da subsecretaria.

76 Comentários

Leave a Comment