Parcelamento dos salários dos servidores do GDF

A exemplo do Rio Grande do Sul, onde o governo do Estado parcelou os salários dos servidores estaduais, já se ouve no meu político de Brasília, que os servidores distritais do GDF poderão sofrer do mesmo mau que lá.

O mês de outubro será um dos piores para as contas públicas, podendo até enquadrar o governador Rodrigo Rollemberg na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), com previsão de chegar a 53%.

O limite da LRF, segundo a legislação federal, é 49%, ou seja, o GDF estaria 4% acima da margem de segurança jurídica.

O limite prudencial é de 46,55% da receita corrente líquida comprometida com a folha de pagamento.

Leave a Comment