Safadão &Taradão – DVD Desempenho Sexual

“Funcionou Comigo!”. O desejo de melhorar o desempenho sexual leva homens a utilizarem medicamentos e estimulantes para disfunção erétil de maneira irregular, ou seja, sem indicação de um especialista.
As recomendações para o uso de medicamentos estimulantes sexuais são muito diversas quanto aos mais diferentes aspectos, portanto, sempre siga corretamente orientações do médico ou da bula. Explicações masculina: tomei por curiosidade, vontade de aprimorar a “performance” sexual e, claro, o receio de falhar na “hora H”. Todos nós temos!
Se o indivíduo já é saudável, o pênis não vai ficar ainda mais rígido após o consumo de tônicos ou pilulas. 
Os estimulantes sexuais podem causar dores de cabeça e musculares, diarreia, alergias, visão dupla e, em casos mais severos, até cegueira.
Os pacientes cardiopatas não podem ingerir estes tipos de estimulantes, considerado um vasodilatador, principalmente sem supervisão médica. Somente o especialista pode diagnosticar a necessidade de uso e, ainda, o melhor método, conforme critérios como idade, histórico familiar.
Ao usar estimulantes sexuais a tendência é de dependência psicológica. A prática de atividade física é uma maneira mais saudável e eficaz de melhorar a atuação na hora do sexo, segundo os médicos. Os exercícios contribuem com o condicionamento físico, melhoram a circulação sanguínea e aumentam resistência, além de elevar a sua autoestima.

1 Comentário

Leave a Comment