Deputado considera vergonhoso que pacientes lavem roupas de hospital em casa

Chico Vigilante PTO deputado Chico Vigilante (PT) ocupou a tribuna na sessão ordinária da Câmara Legislativa do Distrito Federal na tarde desta terça-feira (29) para criticar a situação da saúde pública. Segundo ele, a imprensa local mostrou hoje a situação de calamidade pública do Hospital de Base, que envergonha o DF. Segundo as reportagens, as roupas e lençóis do hospital estão tendo que lavadas pelas famílias dos pacientes em suas casas.

Na opinião do distrital, o caso terá repercussão nacional e só demonstra a falta de competência do atual governo para resolver os problemas da saúde pública. “Falta tudo no hospital, desde medicamentos básicos até os insumos para realização de cirurgias. E já se passaram um ano e três meses de governo, três secretários de saúde e a cada dia piora mais a situação”, criticou.

Vigilante afirmou que o Fundo de Saúde do DF possui em caixa R$ 528 milhões e que o problema da saúde não é falta de dinheiro. “Não gastam porque são incompetentes”, completou.

Adjunta – Chico Vigilante disse que a situação está tão ruim que até mesmo o líder do governo na Casa, deputado Julio César (PRB), tem reclamado da atuação da secretária adjunta de Saúde, Eliene Ancelmo Berg. Durante a sessão, o líder disse que a secretária adjunta está “boicotando e atrapalhando” o trabalho do secretário titular, Humberto Fonseca.

“Já que a culpada é a secretária adjunta, por que o governador não a demite? E por que o líder do governo não pede a sua saída? “, questionou Vigilante.

Luís Cláudio Alves – Coordenadoria de Comunicação Social

Leave a Comment