Por que no ‘Dia da Consciência Negra’ o presidente Bolsonaro se calou?

20 de Novembro de 2019

REUTERS/Ueslei Marcelino

O presidente Jair Bolsonaro, ávido usuário do Twitter, para se comunicar oficial e extraoficialmente, fez questão de esquecer uma data histórica – Dia da Consciência Negra –  não fazendo menção alguma à data em seu post no micro blog.

Em sua agenda oficial (20/11), não constam, nenhuma cerimonia ou participação em eventos comemorativos da data que representa 56,4% da população atualmente, segundo a pesquisadora do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Fernanda Lira Goes.

Excelentíssimo Senhor Jair Messias Bolsonaro, presidente do Brasil, o qual tive a honra em votar. Como [negro/preto] não represento uma agenda política de esquerda nem direita, aliás, esse discurso precisa ser superado para que os próprios [negros e negras] ou [pretos e pretas] tenham realmente consciência que nada nos impedem de quebrarmos os grilhões do vitímismo  e avançarmos para os poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário. Para isso irmãos e irmãs, é necessária a consciência não apenas no dia (20/11), mas, consciência nos 365 dias do ano que só nos mesmos poderemos mudar a história do negro no Brasil.

Leave a Comment