Flamenguistas Uruguaios: Arrascaeta e De la Cruz ajudam a eliminar o Brasil da Copa América

Flamenguistas Uruguaios: Arrascaeta e De la Cruz ajudam a eliminar o Brasil da Copa América
Uruguai x Brasil
Arrascaeta e De la Cruz

Em uma noite de grande tensão no Allegiant Stadium, o Uruguai garantiu sua vaga nas semifinais da Copa América ao vencer o Brasil nos pênaltis por 4 a 2, após um empate sem gols no tempo regulamentar. A partida foi marcada pela expulsão do uruguaio Nández e pela dificuldade da seleção brasileira em capitalizar a vantagem numérica, resultando em uma eliminação precoce do torneio.

O jogo começou truncado, com ambas as equipes demonstrando cautela e poucos lances de perigo. O Brasil, comandado por Dorival Júnior, tentou impor seu ritmo, mas encontrou dificuldades para superar a bem organizada defesa uruguaia. Do outro lado, a seleção celeste, liderada pelo técnico Marcelo Bielsa, apostava nos contra-ataques rápidos, especialmente pelos pés de Giorgian de Arrascaeta, jogador do Flamengo, que entrou no segundo tempo, e, foi um dos batedores dos pênaltis convertidos para o Uruguai.

Aos 25 minutos do segundo tempo, o cenário parecia se inclinar a favor do Brasil quando Nández recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando o Uruguai com um jogador a menos. No entanto, a seleção brasileira não conseguiu transformar essa vantagem em gols. A falta de criatividade e precisão nas finalizações foi evidente, e o goleiro uruguaio Rochet fez boas defesas para manter o placar zerado até o apito final.

Na decisão por pênaltis, o Brasil começou bem, mas viu suas chances ruírem quando Éder Militão teve sua cobrança defendida por Rochet, e Douglas Luiz acertou a trave. O goleiro Alisson ainda deu esperanças ao defender o chute de José Giménez, mas os uruguaios foram mais eficientes e não desperdiçaram mais nenhuma oportunidade. O volante Ugarte converteu a última cobrança e selou a classificação do Uruguai para a próxima fase.

O Brasil, agora eliminado, retorna para casa com muitas reflexões a serem feitas sobre seu desempenho. Já o Uruguai segue firme na competição e enfrentará a Colômbia, que vem embalada por uma vitória contundente de 5 a 0 sobre o Panamá, em busca de uma vaga na grande final.

A torcida brasileira, que esperava ver sua seleção levantar o troféu, terá que aguardar mais um ciclo. Enquanto isso, o Uruguai celebra a brilhante atuação dos Flamenguistas Uruguaios De la Cruz e Arrascaeta, que provaram mais uma vez a força e a tradição do futebol uruguaio em competições sul-americanas.