Trânsito: ‘Para Nosso Sagrado Sono’ Detran tira de circulação 33 motos do barulho infernal

Por: Ivan Rodrigues

REDAÇÃO – S&DS

Brasília – 02 de Setembro de 2020 – 16:15

Saúde & Direitos Sociais
“Operação Sossego” realizadas no Guará e no Recanto das Emas e do Patrulhamento Oeste no Sossego, que aconteceu em Taguatinga e Ceilândia

O Departamento do Trânsito do Distrito Federal flagrou, na noite desta segunda-feira (1º), 33 motocicletas com escapamento alterado, além de seis condutores que estavam sob efeito de álcool e 10 não habilitados.

Ao todo, os agentes abordaram 122 motos e 21 carros, autuaram três condutores com a Carteira Nacional de Habilitação vencida antes de 19 de fevereiro, um com o direito de dirigir suspenso, 39 por infrações diversas e 20 veículos foram recolhidos ao depósito.

No Recanto das Emas, ainda houve o flagrante de duas motos com alteração de características e um condutor foi conduzido à delegacia por desobediência à autoridade de trânsito.

As ações de fiscalização aconteceram das 19h30 às 22h, na Avenida Contorno do Guará II, próximo à estação do Metrô; das 22h às 0h20, no Recanto das Emas; e das 19h às 22h30, em Ceilândia e Taguatinga. Para isso, as equipes empregaram 18 viaturas, cinco guinchos e cinco motos da Unidade de Motociclistas Operacionais de Trânsito (Umop).

Operação Sossego

A operação, lançada janeiro de 2020, visa combater a poluição sonora e garantir mais segurança ao trânsito.

De acordo com o artigo 230, inciso XI, do Código de Trânsito Brasileiro, conduzir veículo com descarga livre ou silenciador de motor de explosão defeituoso, deficiente ou inoperante é infração grave, penalizada com multa de R$ 195,23 e cinco pontos na CNH, além da retenção do veículo para regularização.

Fonte: Detran-DF

Comentários