Polícia prende nove homens por organizar festa gay em hotel

REDAÇÃO – S&DS

Brasília – 02 de Setembro de 2020 – 17:27

Policiais Militares gays em festa de formatura no Distrito Federal

Os noves homens são acusados de violarem as leis contra a pornografia e atos obscenos.

A polícia indonésia prendeu nove homens na sexta-feira passada por organizarem uma festa gay em um apartamento de um hotel em Jacarta sob a acusação de violar leis contra a pornografia e atos obscenos.


Os nove detidos, cujas identidades não foram divulgadas, são acusados de organizar uma festa gay por meio de redes sociais em um apartamento no complexo sul da capital, com a presença de 56 pessoas . As acusações pode gerar penas de até 15 anos de prisão.


De acordo com a Polícia eles criaram uma comunidade chamada HOT SOACE que organizou seis eventos desde 2018 em vários hotéis de Jacarta.


A lei indonésia não proíbe a homossexualidade, com exceção da província de Aceh (oeste), onde a lei islâmica, ou “sharia”, está em vigor, mas organizações de direitos humanos, como a Human Rights Watch (HRW), denunciaram nos últimos anos o aumento a repressão contra a comunidade LGBT no país, que possui a maior população muçulmana do mundo.


Em outubro de 2018, a polícia prendeu duas pessoas na ilha de Java por manterem uma página no Facebook sob a acusação de espalhar pornografia gay em março de 2017, 141 homens foram presos em um clube gay em Jacarta por supostamente violarem a lei contra a pornografia.

Edição: Janaína Quinet

Leave a Comment