22.5 C
Brasília
quarta-feira, abril 24, 2024
InícioDestaquesTCDF exige esclarecimentos sobre ausência de nomeações de enfermeiros aprovados em concurso...

TCDF exige esclarecimentos sobre ausência de nomeações de enfermeiros aprovados em concurso público

Os questionamentos apresentados foram os seguintes:

I. Quantos cargos de Enfermeiro existem, considerando tanto os vagos quanto os preenchidos?

Quantos são da Especialidade de Família e Comunidade?

II. Quantos servidores aprovados para a Especialidade de Família e Comunidade passaram a exercer as atribuições da Especialidade de Enfermeiro (Generalista) conforme a Portaria nº 256/2021?

Quantos já retornaram a exercer as atribuições da Especialidade de Família e Comunidade?

III. Considerando o rol de atribuições de cada especialidade, é regular a lotação de Enfermeiros da Especialidade de Família e Comunidade fora das Unidades Básicas de Saúde (UBS)?

E os Enfermeiros da Especialidade de Enfermeiro podem ser lotados nas UBS?

Gilney Guerra – Professor, Enfermeiro e Técnico de Enfermagem

O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) determinou que a Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES/DF) forneça esclarecimentos sobre a falta de nomeação de candidatos aprovados em concurso público para o cargo de Enfermeiro, conforme edital nº 08/2018. A decisão foi tomada em resposta a uma representação formulada por cidadãos, que questionaram a omissão na nomeação dos aprovados.

Entre os questionamentos feitos pelo TCDF, destaca-se a solicitação de informações detalhadas sobre a quantidade de cargos de Enfermeiro, tanto os vagos quanto os preenchidos, e o número de vagas na Especialidade de Família e Comunidade. Além disso, o órgão demandou dados sobre os servidores aprovados para essa especialidade que passaram a exercer as atribuições da Especialidade de Enfermeiro (Generalista) conforme a Portaria nº 256/2021, bem como quantos já retornaram às atividades da Especialidade de Família e Comunidade.

Outro ponto levantado foi a regularidade da lotação de Enfermeiros da Especialidade de Família e Comunidade fora das Unidades Básicas de Saúde (UBS), e se os Enfermeiros da Especialidade de Enfermeiro podem ser lotados nas UBS.

Os interessados foram notificados da decisão do TCDF, que autorizou o retorno dos autos à Secretaria de Fiscalização de Pessoal (SEFIPE) para as medidas cabíveis.

RECENTES