‘Qual a idade certa para uma adolescente fazer sexo? Tenho 15 anos e me sinto preparada’

Por: Ivan Rodrigues

Ivan Rodrigues

Comentário no portal S&DS em 06/05/2021 às 16:26 por Samara Souza – [email protected]

Boa tarde.
Qual a idade certa para uma adolescente fazer sexo? Tenho 15 anos e me sinto preparada.

Samara este assunto é extremamente delicado, penso até que deva ser tratado em casa, como algo factível e sem tabu na discussão entre pais e filhos.

Independentemente da idade que a pessoa se sinta pronta ou não; NÃO é só o fato de estar pronta que importa nesse tipo de situação. Todas as consequências que o ato em si trazem à pessoa é preciso conhecer e entender, principalmente na adolescência, fase de muita tensão, pressão e pouca responsabilidade.

O filme: Beleza Americana – título Original: AMERICAN BEAUTY (Inadequado para menores de 18 anos) considerado uma critica às aparências que tentamos manter, uma jovem (Angela Hayes) diz ter uma vida sexual ativa para todas as suas amigas mas na verdade ainda é virgem. Muitas meninas e meninos são pressionados pelo grupo que estão inseridos ou querendo fazer parte à pratica do sexo, uso de álcool e drogas.

Talvez também te interesse: Transei com meu professor na adolescência e hoje vivo com HIV

Hoje, como meus 45 anos, dois lindos filhos, não tive e nem tenho vergonha em dizer que minha vida sexual começou após os 18 anos, enquanto muitos amigos de 16, 17 anos, já praticavam sexo com suas namoradas, muitos se tornaram pais e mães precoces, assumindo responsabilidades antes do tempo, indo morar na casa dos pais. Todos, literalmente todos, se separaram e assumiram novos relacionamentos anos depois. A gravidez indesejada foi apenas uma das consequências, a AIDS faz parte da vida de alguns.

Uma palavra popular do vocabulário dos adolescentes é AMOR. Adolescentes realmente sabem o que é AMOR de verdade? A confusão de AMOR com SEXO está intrinsecamente embaralhada na cabeça dos jovens. Na adolescência temos desejos, atrações, excitações.

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; (1 Coríntios 13:4,5)

Deus nos presenteou com o sexo não apenas para procriar, mas para construirmos uma relação matrimonial saudável e forte como uma sagrada união abençoada por ele.

Tenha em seus pais os verdadeiros amigos e conselheiros para tudo o que precisar.

Comentários