Governo de Manaus pede transferência de 60 bebês prematuros para outros estados, inclusive para o DF

Por: Redação

Em meio ao caos em Manaus, o governo Amazonense pediu a transferência de 60 bebês prematuros para outras capitais.

De acordo com a CNN Brasil, o governador Wilson Lima pediu para outros estados verificarem se têm leitos de UTIs neonatal vagos. O governo teme que os bebês fiquem sem oxigênio. A solicitação foi feita nesta sexta-feira (15).

O secretário de saúde do Maranhão, Carlos Lula, confirmou que recebeu o pedido para ceder 60 leitos, mas o estado só possui capacidade para receber, atualmente, entre 5 a 10 bebês. Carlos: “não é comum ter tantos leitos de UTI neonatal disponíveis”.

A Secretaria de Estado da Saúde – SES-AM, por meio de sua Assessoria de Comunicação, em contato telefônico, informou ao site que estão em contato com todos os estados, inclusive o DF.

Comentários