Em coletiva de imprensa aos jornalistas da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno (ABBP), presidente da CLDF fala sobre: avaliação da Casa, Passe Escolar, UPAs e Iges-DF, Cartão creche e corte de gastos

19 de Dezembro de 2019

O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, distrital Rafael Prudente (MDB), fez um balanço do primeiro ano da legislatura da Casa 2019.

Segundo o parlamentar, pesquisa interna aponta que a avalição do parlamento de 2011 a 2019, era 14%, e que após um ano, a gestão atual chega a 28%; e que a taxa de rejeição que era de 46%, hoje é de 23%.

“Tivemos um desempenho muito superior às legislaturas anteriores. Foi um ano acelerado. Eu me dediquei e os deputados se dedicaram, e, aquilo que foi importante para mudar a perspectiva de vida das pessoas foi aprovado”.

Rafael Prudente destacou alguns projetos do Executivo.

Passe escolar

“Todos os projetos que vieram do governo e eram importantes para a população foram aprovados, outros, que faziam alterações na concessão do passe estudantil foi retirado de tramitação e devolvido ao signatário”.

UPAs e IGESDF

Rafael disse que a ampliação do modelo do Iges-DF para todos os hospitais não é boa. Afirmou que é importante ter modelos diferenciados de gestão na saúde para avaliação entre dos mesmos e futuros julgamentos pela sociedade.

“Aprovamos o projeto que permite a construção de UPAs no DF, com menos recursos públicos e com prazo de 03 meses de entrega da obra que será de alvenaria e não de madeirite, como são as atuais”.

Cartão creche

O presidente pontuou que os deputados aprovaram o projeto do cartão material escolar e irão aprovar, de indicação do Executivo, o cartão creche.

“Temos um grande déficit de creches para atender as mães com seus filhos, de igual modo que fizemos com a aprovação do cartão material escolar iremos fazer com o cartão creche”.

Prudente ressaltou o corte dos gastos do legislativo com a devolução de R$ 46 milhões a ser investido em áreas como: saúde, educação e segurança.

Este é “um fato inédito e importante que veio com o corte de despesas da casa”, afirmou Prudente.

Leave a Comment